Você já pensou quais são os autores clássicos da literatura infantil? Quem são os escritores e escritoras, ilustradores e ilustradoras que criam histórias encantadoras e marcantes para gerações de leitores? 

O Clube Quindim preparou uma lista incrível com 8 autores clássicos da literatura infantil brasileira que as crianças merecem conhecer! Além disso, aqui você pode conhecer alguns dos livros desses autores que já foram enviados para os assinantes do Quindim: 

1. Ana Maria Machado

Autores de livros infantis brasileiros que as crianças precisam conhecer!

Ana Maria Machado possui uma trajetória de mais de 50 anos de carreira em literatura. Sua presença literária se destacou nas publicações infantis e, além de atuar nessa área, Ana Maria Machado é graduada em Letras, já lecionou Língua Portuguesa na Sorbonne, universidade francesa, explora a pintura profissionalmente e é curadora do nosso clube de livros infantis!

Desde os primeiros livros para crianças de sua carreira, a autora inaugurou uma nova maneira de escrever para o público infantil brasileiro. Confira alguns títulos da autora que foram enviados pelo Quindim:

Assine o clube quindim

Contos de Fadas: de Perrault, Grimm, Andersen e outros

Contos de Fadas (autores Charles Perrault, Irmãos Grimm, Hans Christian Andersen & outros, apresentação Ana Maria Machado, tradução Maria Luiza X. de A. Borges)

Com apresentação de Ana Maria Machado, essa antologia reúne autores clássicos dos contos de fadas que nunca ficam ultrapassados, já foram para as grandes telas em formato de filme e acompanham as crianças com muita diversão: Chapeuzinho Vermelho, Cinderela, Pequeno Polegar, João e o Pé de Feijão e muito mais. Saiba mais sobre esse livro de contos de fadas em nosso site!

Veja também: Conheça o sistema de buscas inovador que te permite encontrar livros de acordo com o tema, faixa etária, gênero ou competência da BNCC que deseja abordar

Brinco de Listas

Brinco de Listas (autora Ana Maria Machado, ilustrações Dave Santana, editora Gaudi)


Este livro de poemas apresenta uma abordagem muito divertida e repleta de rimas que farão as crianças se divertirem com a sonoridade das palavras. É uma boa pedida para o desenvolvimento da linguagem e para o processo de alfabetização dos pequenos. Confira a resenha completa de Brinco de listas em nosso site!






Bisa Bia, Bisa Bel

Bisa Bia, Bisa Bel (escritora Ana Maria Machado, ilustradora Mariana Newlands, editora Salamandra).

Bisa Bia, bisa Bel é considerado um marco da literatura infantil brasileira. O livro foi muito premiado e recebeu várias traduções para outros idiomas. 

É difícil terminar o livro e não se sentir tocado pela história da curiosa garotinha Bel, que encontra uma fotografia antiga da bisavó e passa a descobrir muitas coisas sobre a memória da família e o sentimento de saudade.



Banner Clube de Leitura Quindim

2. Ziraldo

Autores de livros infantis brasileiros que as crianças precisam conhecer

Ziraldo é um artista de muitas facetas. Além de ilustrador, é cartunista, jornalista, chargista, pintor e também dramaturgo

É responsável por um dos grandes fenômenos de literatura infantil: O Menino Maluquinho, publicado pela primeira vez em 1980. Autor de mais de 130 livros, Ziraldo é um dos escritores mais amados do Brasil. 

Chapeuzinho Amarelo

Autores de livros infantis brasileiros: A chapeuzinho amarelo

Escrito por Chico Buarque e ilustrado por Ziraldo, o livro é uma releitura do clássico infantil Chapeuzinho Vermelho. Aqui, Chapeuzinho Amarelo tem que enfrentar o medo do lobo de uma maneira completamente diferente. O que ela vai fazer?

Essa importante obra da literatura infantil brasileira foi escrita durante a ditadura militar no Brasil e usa a temática do medo para criticar o governo autoritário e opressor da época. Se quiser conhecer mais sobre essa obra tão potente da nossa literatura, acesse o site do nosso clube de leitura e confira a resenha de Chapeuzinho Amarelo!

Os Saltimbancos

Autores brasileiros que você precisa conhecer: Os Saltimbancos (escritor Chico Buarque, ilustrador Ziraldo, editora Autêntica).

A narrativa de Sergio Bardotti e Chico Buarque é sobre a travessia de quatro animais que estão em direção à “cidade grande”. Ao se encontrarem no meio da estrada, um jumento, um jegue, uma galinha, um cachorro e uma gata se identificam com os sonhos e o desejo por liberdade.

Os Saltimbancos é uma releitura do famoso conto dos Grimm chamado Os músicos de Bremen e também já ganhou adaptação para os palcos do teatro. Você provavelmente já ouviu, ou quem sabe já cantou, os versos “au, au, au, hi-hó, hi-hó / miau, miau, miau, cocorocó/ o animal é tão bacana/ mas também não é nenhum banana” e, acredite ou não, essa música se chama “Bicharia” e faz parte dessa obra. Então, que tal aproveitar para ouvir as canções da peça com os pequenos logo após a leitura?


Histórias de dois amores

autores de livros infantis: História de Dois Amores (escritor Carlos Drummond de Andrade, ilustrador Ziraldo, editora Companhia das Letrinhas).

Um livro cheio de reflexões e que trata do amor de maneira delicada e sensível. A amizade de uma pulga e de um elefante emociona os leitores e, mais uma vez, Ziraldo assina um trabalho de ilustrações que torna o texto do poeta Carlos Drummond de Andrade ainda mais comovente.




Veja também: Clube de livros infantis seleciona os melhores livros para você ler com as crianças

3. Ruth Rocha

Autores de livros infantis brasileiros que você precisa conhecer. Ruth rocha

Alvinho e o Presente de Natal

Alvinho e os presentes de Natal, de Ruth Rocha e ilustrações de Suppa. Editora: Salamandra

O título compõe a coleção As aventuras de Alvinho e, dessa vez, conta uma história de Natal.

Alvinho deseja ganhar vários brinquedos de Natal! O protagonista já preparou uma super lista e faz de tudo para conseguir o carro de bombeiros com sirene de verdade, a Bola-Mola… Mas será que ele conseguirá todos esses brinquedos? E mais: será que ele precisa mesmo de tudo isso?





Nicolau tinha uma ideia

Nicolau tinha uma ideia (escritora Ruth Rocha, ilustrações Alcy, editora Salamandra) 

Um livro com muitas cabeças com uma ideia só. Ideias que nunca eram compartilhadas com os outros ou discutidas. Aqui, a história é sobre a partilha, a mistura de pontos de vista e a valorização da comunicação plural. Saiba mais sobre essa obra em nossa resenha de Nicolau tinha uma ideia.






O que os olhos não veem

O que os olhos não veem (escritora Ruth Rocha, ilustrações Carlos Brito, editora Salamandra)

Um rei que, de repente, só enxerga pessoas grandes é o enredo da história provocativa de O que os olhos não veem. Aqui, o rei deixa de enxergar as pessoas consideradas “menores” e privilegia em seu reinado apenas os fortes. Até que os pequeninos e de voz baixa se unem para mostrar sua força.







O melhor clube de assinatura infantil

4. Sylvia Orthof

Sylvia Orthof

Premiada autora de livros infantis e juvenis, Sylvia Orthof publicou mais de cem títulos com temáticas diversas. Além de uma autora clássica do universo infantil, foi também dramaturga, diretora e pesquisadora.

Gato pra cá, rato pra lá

Gato pra cá, rato pra lá (escritora Sylvia Orthof, ilustradora Graça Lima, editora Rovelle)

Um encontro surpreendente entre um rato e um gato que não passam a história em perseguição. O texto é cheio de elementos imaginativos e afetuosos. Aqui, o gato se sensibiliza com a tristeza do rato e os dois inspiram um encontro poético único.




Veja também: Gato pra cá, rato pra lá. O encontro inusitado e poético entre o gato viajante e o rato tristonho

Se as coisas fossem mães

Se as coisas fossem mães (escritora Sylvia Orthof, ilustradora Ana Raquel, editora Nova Fronteira)

Uma obra que atravessa o significado de ser “mãe”, sem idealismos. Em Se as coisas fossem mães, há acolhimento e muito cuidado ao falar sobre como seriam se os objetos do cotidiano fossem mães, tratando de maternidade como algo que contempla erros e acertos de modo humano.





A fada sempre-viva e a galinha-fada

Leitura infantil: Livro A fada sempre-viva e a galinha-fada

A fada deste livro tem uma habilidade muito especial: ela bate as melhores claras em neve do reino. E com elas é capaz de fazer um bolo maravilhoso. E é essa tarefa que o rei lhe traz. Entretanto, para fazer o bolo, ela precisa encontrar uma galinha que bote 74 ovos de uma só vez. Será que ela irá conseguir? Descubra lendo A Fada Sempre-Viva e a galinha-fada.






Veja também: Histórias de animais que as crianças vão amar ler

5. Angela-Lago

autores e escritores brasileiros: Angela Lago

A mineira Angela-Lago, além de escritora, é também ilustradora e desenhista. Premiada nacional e internacionalmente, Angela-Lago traz histórias leves e divertidas e foi responsável por importantes inovações no campo da ilustração digital brasileira.

A casa do bode e da onça

A casa do bode e da onça (autora Angela-lago, editora Rocco)

O bode a onça constroem uma casa em um mesmo terreno e, ao fim da obra, ficam sem saber de quem é a casa. Agora, os dois precisam se entender para decidir sobre a propriedade. Falando sobre conflitos e perspectivas, A casa do bode e da onça é uma obra que consegue divertir e nos fazer refletir ao mesmo tempo.




Indo não sei aonde buscar não sei o quê

Indo não sei aonde, buscar não seu o quê (escritor Angela Lago, editora RHJ)

Seinão é o protagonista que deseja se casar com uma princesa. Seinão fará de tudo para isso, até que acaba Indo Não Sei Aonde, buscar Não Sei o Quê.






Cena de rua

Cena De Rua (autora Angela Lago, editora RHJ)

Uma mistura de todos os elementos que fazem parte da cidade e da rua. A vida urbana com semáforos, trânsito e meninos que vivem nesse cenário diariamente. 

Em Cena de rua as imagens dos livros falam por si e comunicam muito da história tocante de crianças que estão em situação de rua. 




Veja também: Livros infantis sobre refugiados para crianças

6. Lygia Bojunga

Lygia Bojunga

Autora muito premiada e reconhecida internacionalmente pelas produções para o público infantil. Lygia Bojunga é lembrada como um dos nomes mais fortes da literatura infantil brasileira por investir em histórias que dialogam de maneira certeira com os pequenos.

A bolsa amarela

A Bolsa Amarela (escritora Lygia Bojunga, ilustradora de Marie Louise Nery, editora Casa Lygia Bojunga).

Este título é uma espécie de representante da infância que se torna quase atemporal. Raquel é a protagonista dessa história que marca o desejo da descoberta, os anseios pela autonomia e alguns toques dos questionamentos de identidade, característicos da pré-adolescência.







Veja também: Conheça A bolsa amarela, obra que criticou o autoritarismo durante a ditadura e continua atual mesmo após 40 anos de seu lançamento!

Tchau

Tchau (escritora Lygia Bojunga, editora Casa Lygia Bojunga).

No livro de contos Tchau, Lygia Bojunga reúne situações relacionadas a diferentes tipos de despedidas e rupturas. Como dizer adeus e lidar com os sentimentos das separações, amizades que se findam, o luto ou o distanciamento por uma viagem.







Corda bamba

Livros sobre empatia para crianças: Corda bamba (autora Lygia Bojunga, editora Casa Lygia Bojunga)

Depois de perder os pais em um acidente no circo, Maria passa a morar com a vó e, enquanto processa o seu luto, acaba descobrindo mais sobre a história da sua família e de si mesma. Acompanhe a narrativa sensível de Corda bamba, mais uma história envolvente da mestre da literatura infantil Lygia Bojunga.







7. Eva Furnari

Autores de livros infantis brasileiros que todos precisam conhecer. Eva Furnari

Eva Furnari é uma autora de origem italiana que migrou para o Brasil bem cedo, quando ainda era criança. Estudou Arquitetura na Universidade de São Paulo, potencializando suas habilidades com desenho. 

Por isso, no universo literário começou como ilustradora, mas não demorou muito para lançar seu primeiro livro também como escritora e se tornar referência literária no Brasil.

Drufs

Drufs (autora Eva Furnari, editora Moderna).

Os Drufs são pequenas criaturas que recebem da professora Rubi, a missão de montar um álbum de família.

A obra é um relato que junta desenhos, legendas e fotos para uma história que trata de memória familiar, resgate fotográfico e diversidade de composição do núcleo familiar.




Veja também: Drufs, uma história que celebra a diversidade e a família

Filó e Marieta

filó e marieta eva furnari

Filó e Marieta são duas bruxas que tem muita história para contar juntas. O livro de imagens é cheio de bruxarias, sustos e surpresas entre as duas.






Luas

Luas (autora Eva Furnari, editora Moderna)

Com jogos entre som, imagem e significados, criando relações inusitadas e divertidas, Luas é um livro de poemas visuais da maravilhosa Eva Furnari que vai encantar a família.







8. Bartolomeu Campos de Queirós

Frases do pequeno príncipe: Bartolomeu Campos de Queirós

Bartolomeu Campos de Queirós dialoga com o público infantil e também com os adultos de maneira muito fluida. Os títulos tocam bastante os leitores por sua linguagem poética, que aborda temas sensíveis propondo reflexões sobre as coisas mais complexas e até as mais banais da nossa vida.

Raul Luar

Raul Luar (autor Bartolomeu Campos de Queirós, editora RHJ).

Raul Luar é um menino que brinca com brinquedos, coisas, palavras e luzes. Especialmente a luz do luar, pela qual o menino Raul é apaixonado.






Elefante

Elefante (escritor Bartolomeu Campos de Queirós, ilustrações Bruno Novelli, editora Global)

O elefante criado por Bartolomeu anda por nossos sonhos e almeja crescer e ser livre. Mas nem sempre estamos prontos para deixar algo partir. Esse processo é narrado com maestria em O elefante já que o protagonista, com todo o seu amor, sonho e afeto, tem que aprender a deixar o animal livre para fazer as próprias escolhas.







O olho de vidro do meu avô

O olho de vidro do meu avô (autor Bartolomeu Campos de Queirós, editora Moderna)

Em O olho de vidro do meu avô, conhecemos o avô com olho de vidro azul-claro – um senhor que via o mundo pela metade, mas observava a vida por inteiro, com muita sensibilidade e cuidado.