Livros para bebês: 10 obras para ter em casa

Encontrar livros infantis para bebês com qualidade literária pode ser um grande desafio. Por isso, trouxemos aqui mais 10 obras para você ler junto de seu bebê! Confira as dicas de nosso clube de leitura e aproveite essas obras incríveis.

10 livros para bebês que você precisa conhecer

livros para bebês: o bocejo Ilan Bremnan, Renato Moriconi
Autores: Ilan Brenman e Renato Moriconi
Editora: Editora do Brasil

1. Bocejo

A História, muitas vezes, coloca uma distância entre nós e as figuras que a marcaram, fazendo-as parecerem grandiosas e quase divinas. Mas, nesta obra, o que acontece é o contrário. O bocejo, algo tão humano, tão corriqueiro, traz essas personagens para perto de nós. A cena dessas várias figuras bocejando mostra a vulnerabilidade humana em contraponto à imponência do guerreiro romano e à maldade da bruxa, por exemplo. É esse contraste que torna a obra tão cômica e encantadora! 

Embora faça parte da nossa lista de livros para bebês, esta é uma obra que vai acompanhar a criança por muitos anos. A cada leitura e fase da vida, ela irá fazer novas associações. E muitas das primeiras referências terão vindo do livro. Por isso, conforme a criança for amadurecendo, não deixe de reler chamando atenção para essa riqueza de histórias que cada página traz. Você pode conferir mais sobre o Bocejo e sobre outros livros para a leitura em família em nosso blog!

Veja também: A importância da leitura para bebês

livros para bebês: Bruxa, Bruxa venha à minha festa
Escritor: Arden Druce
Ilustrador: Pat Ludlow
Editora: Brinque-Book

2. Bruxa, bruxa venha à minha festa

A repetição é uma característica comum nos livros para bebês. Ela ajuda a criança a fixar a estrutura da história e cria expectativa. Esse é um dos encantos de Bruxa, bruxa venha à minha festa que, além das ilustrações detalhadas, chamativas e talvez até assustadoras, conta com essa estrutura que faz que o pequeno leitor saiba que, a cada virar de páginas, irá conhecer um novo personagem, e que o texto seguirá um mesmo padrão. 

Livros para bebês: o pai da mamãe odilon moraes
Escritora: Cristiana Gomes
Ilustrador: Odilon Moraes
Editora: Caixote

3. O pai da mamãe

Será que seu pequeno sabe que os avós dele são seus pais? Será que eles sabem que você também foi pequenininho como eles? Para as crianças, que estão conhecendo o mundo, pode ser engraçado imaginar você no lugar dele, um bebê no colo dos pais, que hoje são avós. E é exatamente sobre esse contraste que essa obra trata através de um humor bem leve e divertido. Ao acompanhar a ida da protagonista à praia, vemos ela falando de todas as diferenças entre o seu avô e o pai de sua mãe. Até que finalmente ao chegar em casa, a pequena fica surpresa ao descobrir que o vovô e o pai da sua mãe são a mesma pessoa. Você pode conferir mais sobre O pai da mamãe e outras dicas de livros infantis em nosso blog! 

livros para bebês: o urso que queria ser pai
Autor: Wolf Erlbruch
Editora: Companhia das Letrinhas

4. O urso que queria ser pai

Em O urso que queria ser pai, o urso acorda desejando ter um filhote, mas como ele irá conseguir um ursinho? Esta obra levanta várias possibilidades para essa questão, porque a verdade é que não há uma única resposta para essa pergunta. No decorrer da história, os pequenos ganham a consciência das diferentes estruturas familiares, que podem ter um filho adotivo, biológico etc. Você pode conferir mais sobre a obra e outros livros de animais em nosso blog!

Veja também: Livros de animais incríveis chegam ao Clube Quindim

livros para bebês: sou pequenininho
Escritor: Juan Arjona
Ilustrador: Emilio Urberuaga
Editora: WMF Martins Fontes

5. Sou pequenininho

Esta obra explora a percepção dos pequenos sobre o ambiente e o mundo ao seu redor. Em comparação com a criança tão pequenininha, o mundo parece enorme, as escadas são intermináveis e subi-las se torna uma tarefa grandiosa. 

Sou pequenininho conta com a repetição da estrutura do texto que cria uma expectativa: a criança fica esperando para ouvir novamente aquela palavra, aquela frase, percebendo que há um ritmo na história e o acompanhando. A leitura compartilhada, feita por uma figura de afeto, é fundamental para a formação de leitores especialmente nessa fase, pois associa a leitura a esse momento de afeto, em que o adulto está com a atenção totalmente dedicada à criança, criando belas memórias em torno da leitura que a acompanhará por toda a vida.

livros para bebes: azul
Autores: Meritxell Martí e Xavier Salomó
Editora: Jujuba

6. Azul

Neste livro, mergulhamos no azul e conhecemos incontáveis objetos que recebem essa linda cor. As ilustrações conduzem a narrativa que, em sua simplicidade, revela ser muito rica.

Azul é o que conhecemos como livro-legenda: uma obra em que o texto é apenas a legenda da ilustração. Muitos livros-legenda sequer são considerados literários, entretanto, este é um dos livros para bebês que traz diversos aspectos estéticos que a classificam como literatura de qualidade. Você pode reparar, por exemplo, que há uma narrativa apesar de ela não acontecer em sua maior parte no texto. A legenda pontua um elemento da ilustração, mas são as imagens que conduzem a história, traçando conexões inusitadas entre um elemento e outro. É uma leitura que pede grande atenção à imagem, aos elementos que a compõem e às relações que cada página dupla cria com o que vem a seguir.

livros para bebes: esperando a chuva
Autora: Véronique Vernette
Tradutor: Renato Pedrosa
Editora: Pulo do Gato

7. Esperando a chuva

Infelizmente, na maior parte das vezes, o continente africano e seus habitantes são tratados de forma estereotipada, não só nos livros para bebês, mas na ficção como um todo. Contudo, não é o que acontece neste livro. Em Esperando a chuva, caminhamos pelas ruas de Burkina Faso, no oeste da África, e percebemos muitas similaridades entre o cotidiano ali representado e o que vivemos no Brasil. Quem nunca visitou uma cidade aqui com características muito parecidas, seja nas construções, nas relações da comunidade ou até nas cores vivas que lembram um país tropical?

Livros para o bebês: porcolino e mamãe
Escritora: Margaret Wild
Ilustrador: Stephen Michael King
Editora: Brinque-book

8. Porcolino e mamãe

Desde o nascimento, a mãe pode parecer o ser mais importante da vida do bebê. A mãe representa o cuidado, o fim da fome, o alívio da troca de fraldas e, talvez o mais importante, uma fonte inesgotável de carinho. Não à toa o instinto de correr ao abraço da mãe permanece com muitos de nós mesmo na vida adulta. É natural que haja esse apego tão forte. E por isso livros para bebês como Porcolino e mamãe nos encantam, pois se repetem diariamente na casa de tantas famílias: a criança quer a mãe junto de si. Para brincar, para cuidar, para amar.

livros para bebês: representatividade negra na literatura infantil: livros para bebes: a mãe que voava
Escritora: Caroline Carvalho
Ilustradora: Inês da Fonseca
Editora: Aletria

9. A mãe que voava

Neste livro, entramos em contato com o olhar de admiração de Alice frente à sua mãe. Ela se encanta com a grandiosidade das pequenas coisas do cotidiano. É muito comum que nos primeiros anos de vida os pequenos mantenham uma ligação muito forte com a mãe. Ela é todo o seu mundo. Aos poucos, mãe e bebê começam a passar mais tempo separados. A mãe volta a trabalhar, a estudar ou simplesmente passa mais tempo fora de casa. O bebê acorda sozinho e chama pela mãe, mas não a encontra. O momento inicial de separação pode ser muito doloroso, tanto para a mãe quanto para o bebê, mas, em A mãe que voava, as autoras focam no reencontro diário entre as duas, nos presenteando com esse olhar leve. Você pode conferir mais sobre esta obra e mais outros livros infantis sobre mães e filhos em nosso blog!

Veja também: Veja os livros enviados pelo Clube Quindim em 2021!

Livros para bebês: Então quem é, Escritora: Christina Dias Ilustrador: Rafael Antón Editora: FTD
Escritora: Christina Dias
Ilustrador: Rafael Antón
Editora: FTD

10. Então quem é?

Este livro brinca com a ideia da perspectiva: coloca o seu foco sobre aspectos dos animais considerados assustadores, seus dentes, suas garras, mas, quando viramos a página… não há lobo, apenas o cachorro Godofredo! Essa construção de expectativa traz certo suspense à obra e fisga o leitor, que quer desvendar o que acontecerá a seguir. A cada virada de página, ele pensa que a ameaça do lobo vai se concretizar, mas apenas no desfecho é que o personagem temido realmente aparece. O caráter cômico da obra atravessa o medo, transformando-o em risadas.

Assine o Clube Quindim

APROVEITE ESTE MOMENTO PARA INCENTIVAR A LEITURA!


ESTES ARTIGOS PODEM SER DO SEU INTERESSE

poemas para crianças

10 poemas para crianças amarem poesia

Livros infantis que você precisa conhecer

8 livros infantis que você precisa conhecer

LIVRO-IMAGEM. SAIBA COMO LER UM LIVRO INFANTIL SÓ COM IMAGENS

Livro-imagem: saiba como ler um livro infantil só com imagens

Como ler um livro de imagem ou como ler um livro infantil só com imagens

8 livros infantis com avós para ler com as crianças

Pequenos Leitores

Livros que vão encantar os pequenos leitores

Livros infantis para a leitura em família com as crianças

8 livros infantis para a leitura em família