O que são cantigas de roda? Conheça sua origem e confira 11 das cantigas populares do Brasil

Entenda o que é cantiga de roda, quando elas surgiram e confira algumas das mais conhecidas do Brasil!

Do alecrim dourado à barata com suas saias de filó, da rua com pedrinhas de brilhante ao boi da cara preta, as cantigas ficam guardadas em nossa memória mesmo que não as cantemos há anos. Porém, você sabe, de fato, o que são cantigas de roda?

Essas expressões culturais brasileiras fizeram parte da nossa infância e também fazem parte da infância de nossos filhos (talvez com menos intensidade), e não é raro nos pegarmos cantarolando de vez em quando. Entretanto, é interessante saber o que é cantiga de roda para que possamos transmitir esse conhecimento aos pequenos.

Acompanhe o Clube de Leitura Quindim para aprender o que são cantigas populares, qual é sua origem e por que recebem esse nome, além de conferir algumas das mais conhecidas na cultura brasileira.

Veja também: 8 maneiras de enriquecer a cultura do seu filho

O que são cantigas de roda, afinal?

O que são cantigas de roda

São músicas que fazem parte do folclore brasileiro e, portanto, traduzem o conhecimento popular, passado ao longo de várias gerações. Além disso, como o nome sugere, o objetivo é que sejam cantadas em roda, com as mãos dadas e girando, em uma brincadeira simples, mas muito divertida.

Com letras simples e cativantes, elas são pensadas especialmente para crianças. Porém, mesmo com toda essa simplicidade, é difícil segurar o desejo de querer dançar e girar junto com os pequenos, já que isso pode nos lembrar do tempo em que éramos crianças.

De acordo com a Oxford Bibliographies, as cantigas de roda podem ser definidas como canções curtas e versos geralmente lidos ou cantados para crianças ou por elas. Geralmente, os versos são anônimos e muitos dos que são conhecidos já possuem séculos de existência.

Em inglês, as cantigas populares são chamadas de nursery rhymes ou Mother Goose rhymes, este último nome relacionado à “Mamãe Gansa”, figura bastante conhecida nos contos de fadas pelo arquétipo de uma mulher do campo que conta histórias.

Veja também: Histórias do Folclore brasileiro: ensine aos seus filhos e valorize a riqueza de nossa cultura!

Qual é a origem das cantigas de roda?

Veja o que são cantigas de roda

Provavelmente, sua origem vem das cantigas de ninar, que as pessoas cantam para fazer bebês ou crianças dormirem com mais tranquilidade. Elas podem ser encontradas em várias culturas ao redor do mundo, o que mostra como esse é um elemento cultural muito importante.

Um bom exemplo é o livro The Oxford Dictionary of Nursery Rhymes (Dicionário de Cantigas Populares de Oxford), publicado em 1951 por Iona Opie e Peter Opie. Ele traz mais de 500 rimas e canções com seus paralelos, primeiras aparições, origens e variações.

Isso faz que o livro seja uma das maiores referências de folclore infantil de todo o mundo, já que reúne centenas de cantigas com informações muito interessantes sobre cada uma delas.

Provavelmente, a cantiga de ninar mais antiga do mundo tem origem romana. Registrada em um escólio em persa, o início da letra é o seguinte: Lalla, Lalla: aut dormi, aut lacte / nisi lactes, dormi, dormi”, que significa algo como “Nina, nina: dorme ou mama / se você não mamar, vai cochilar, cochilar”.

Se você quer saber qual é o ritmo dessa cantiga, confira o vídeo abaixo – mas tome cuidado para não cair no sono!

Saindo das cantigas de ninar, um poema francês, bastante parecido com o verso mnemônico Thirty Days Hath September (Trinta Dias Tem Setembro), usado para lembrar o número de dias dos meses dos calendários juliano e gregoriano, foi registrado no século XIII, de acordo com a Encyclopaedia Britannica.

Desde então, é possível encontrar vários registros de outras cantigas populares ao redor do mundo, o que aumenta ainda mais sua relevância histórica, já que é algo disseminado em várias culturas. E, se você gosta de cantigas de roda, temos certeza que irá gostar também de descobrir o que é parlenda infantil e relembrar algumas da sua infância.

Veja também: Você sabe o que é parlenda? Conheça algumas parlendas infantis para brincar com as crianças

11 cantigas de roda do Folclore brasileiro

Veja o que é cantiga de roda e como surgiram as cantigas de roda

É um pouco difícil definir ao certo qual foi a primeira cantiga popular do mundo, mas é muito mais fácil trazer algumas das mais conhecidas aqui no Brasil. Por isso, separamos 11 cantigas populares que lembrarão você da sua infância e ajudarão a transmitir esse conhecimento aos seus filhos, netos, sobrinhos e outras crianças.

Ah, vale lembrar que as letras podem sofrer algumas alterações de acordo com cada região, tudo bem?

1 – Alecrim dourado

Alecrim, alecrim dourado

Que nasceu no campo sem ser semeado (- 2x)

Foi meu amor que me disse assim

Que a flor do campo é o alecrim (- 2x)


2 – Boi da cara preta

Boi, boi, boi

Boi da cara preta

Pega essa criança

Que tem medo de careta


3 – Se essa rua fosse minha

Se essa rua, se essa rua fosse minha

Eu mandava, eu mandava ladrilhar

Com pedrinhas, com pedrinhas de brilhantes

Para o meu, para o meu amor passar

Nessa rua, nessa rua tem um bosque

Que se chama, que se chama solidão

Dentro dele, dentro dele mora um anjo

Que roubou, que roubou meu coração

Se eu roubei, se eu roubei teu coração

É porque, é porque te quero bem

Se eu roubei, se eu roubei teu coração

É porque tu roubaste o meu também


4 – Fui no Tororó

Fui no Tororó beber água, não achei

Achei linda morena que no Tororó deixei

Aproveita minha gente que uma noite não é nada

Se não dormir agora dormirá de madrugada

Oh! Mariazinha,

Oh! Mariazinha, entra nesta roda

Ou ficarás sozinha!


5 – Marcha soldado

Marcha soldado

Cabeça de papel

Quem não marchar direito

Vai preso pro quartel

O quartel pegou fogo

A polícia deu sinal

Acode, acode, acode a bandeira nacional


6 – Peixe vivo

Como pode o peixe vivo

Viver fora d’água fria?

Como pode o peixe vivo

Viver fora d’água fria?

Como poderei viver

Como poderei viver

Sem a tua, sem a tua

Sem a tua companhia?

Os pastores desta aldeia

Já me fazem zombaria

Por me ver assim chorando

Sem a tua, sem a tua companhia.

Como poderei viver

Como poderei viver

Sem a tua, sem a tua

Sem a tua companhia?


7 – A barata diz que tem

A barata diz que tem sete saias de filó

É mentira da barata, ela tem é uma só

– Ah rá rá, oh ró ró, ela tem é uma só (2x)

A barata diz que tem um anel de formatura

É mentira da barata, ela tem é casca dura

– Ah rá rá, oh ró ró, ela tem é casca dura (2x)

A barata diz que tem uma cama de marfim

É mentira da barata, ela tem é de capim

– Ah rá rá, oh ró ró, ela tem é de capim (2x)

A barata diz que tem um sapato de fivela

É mentira da barata, o sapato é da mãe dela

– Ah rá rá, oh ró ró, o sapato é da mãe dela (2x)

A barata diz que tem um chinelo de veludo

É mentira da barata, ela tem o pé peludo

– Ah rá rá, oh ró ró, ela tem o pé peludo (2x)


8. Borboletinha

Borboletinha tá na cozinha

Fazendo chocolate

Para a madrinha

Poti, poti

Perna de pau

Olho de vidro

E nariz de pica-pau pau pau


9. Atirei o Pau no Gato

Atirei o pau no gato, tô

Mas o gato, tô

Não morreu, reu, reu

Dona Chica, cá cá

Admirou-se, se se

Do berro, do berro,

que o gato deu

Miau


10. Ciranda, Cirandinha

Ciranda, cirandinha

Vamos todos cirandar

Vamos dar a meia volta

Volta e meia vamos dar

O Anel que tu me destes 

Era vidro e se quebrou

O amor que tu me tinhas

Era pouco e se acabou

Por isso, dona Rosa

Entre dentro desta roda

Diga um verso bem bonito

Diga adeus e vá se embora


11. O cravo e a rosa

O cravo brigou com a rosa

Debaixo de uma sacada

O cravo saiu ferido

E a rosa despedaçada

O cravo ficou doente

E a rosa foi visitar

O cravo teve um desmaio

E a rosa pôs-se a chorar

E, se você adora versos e rimas, pode conferir em nosso blog 10 poemas infantis, temos certeza que os pequenos que amam cantigas de roda também vão adorar poesia!

Veja também: 10 poemas para crianças amarem poesia

Traga as cantigas de roda para o dia a dia dos pequenos!

O que são cantigas de roda. Veja as melhores cantigas de roda

Como comentamos em nosso artigo sobre as histórias do Folclore brasileiro, o folclore é uma riqueza cultural que merece ser valorizada, principalmente hoje, com um mundo de conteúdos disponíveis na ponta dos dedos que pode afastar o interesse dos pequenos.

Em brincadeiras simples e divertidas, dá para reunir toda a família e outras crianças e deixar todos felizes, de mãos dadas, girando e cantando, ao mesmo tempo em que perpetuamos a existência de um bem imaterial tão valioso quanto as cantigas populares brasileiras e o folclore como um todo.

Se você se preocupa com o enriquecimento cultural do seu filho, além de aprender o que são cantigas de roda para poder ensiná-los corretamente, conte com o clube de assinatura infantil do Quindim e receba novos livros mensalmente em sua casa. Assim, você valoriza a cultura nacional e diverte os pequenos ao mesmo tempo!

Assine o Clube Quindim

APROVEITE ESTE MOMENTO PARA INCENTIVAR A LEITURA!


ESTES ARTIGOS PODEM SER DO SEU INTERESSE

Clássicos da literatura infantil brasileira

8 clássicos da literatura infantil brasileira para apresentar aos seus pequenos

A importância da bibliodiversidade na formação do leitor

A importância da bibliodiversidade na formação do leitor: Por que ter livros diversos em casa?

Qual a importância da arte

Qual a importância da arte? Entenda melhor como as manifestações artísticas são fundamentais para a sociedade e passe isso aos seus filhos

Livros para crianças de 10 anos lerem

8 livros para crianças de 12 anos amarem ler

Diversidade cultural no Brasil

Diversidade cultural no Brasil: entenda por que somos um país de muitas culturas

Palavras racistas

Palavras racistas: veja quais são e entenda por que precisamos rever nosso vocabulário

leonardo-ponso

LEONARDO PONSO

Leonardo Ponso é redator desde 2015, casado com a Tábata e pai do Rafael. Tem certeza que o seu interesse pela leitura quando pequeno influenciou diretamente na sua profissão hoje. É fascinado pelo universo infantil e ama a experiência de vivenciar cada evolução do seu filho. Gostaria muito de saber o que passa na mente dos pequenos.