Museus Virtuais para crianças: 14 exposições para visitar sem sair de casa

A quarentena fechou portas físicas, mas abriu janelas virtuais que proporcionam momentos enriquecedores em família. Conheça os museus virtuais para visitar sem sair de casa.A ideia de ter museus virtuais não era necessariamente inédita ou revolucionária em uma sociedade tão conectada quanto a nossa, que recorre, por exemplo, aos smartphones, computadores, notebooks, tablets e outras ferramentas tecnológicas diariamente.Podemos tomar como exemplo o Museum Views , do Google Arts & Culture. Que existe desde 1º de fevereiro de 2011, com acervos da Alemanha, Itália, Estados Unidos, Reino Unido, Espanha, Holanda, Rússia bem como da República Tcheca.

O aumento nas buscas por museus virtuais

Contudo, a demanda pelos museus on-line e a própria oferta de exposições cresceu bastante com a quarentena causada pela pandemia do novo Coronavírus, que obrigou vários estabelecimentos a fecharem suas portas.Isso fica claro ao analisar dados do Google Trends. Uma ferramenta do Google que mostra o interesse dos usuários por determinados assuntos de acordo com a quantidade de pesquisas. O pico nas buscas foi na semana de 12 a 18 de abril, mas mesmo com as variações das semanas seguintes, as pesquisas seguem em alta.É fato que alguns museus no Brasil e ao redor do mundo já estão retomando suas atividades com as devidas medidas de segurança. Mas você ainda pode visitar uma série de exposições direto de sua casa. Com conforto e praticidade, e o melhor, sem ter que pagar nada por isso!Se não sabe por onde começar, fique tranquilo, pois acabou de vir ao lugar certo! Nós separamos algumas das oportunidades mais legais para você desfrutar com seus filhos durante essa quarentena. Assim, vocês se divertem e ainda fortalecem o tão importante interesse pela cultura e pelas artes!

mUSEUS oNLINE E EXPOSIÇÕES VIRTUAIS PARA A QUARENTENA

A internet tem seus riscos para os pequenos, como o Homem Pateta, uma das ameaças virtuais mais recentes. Mas felizmente também abre várias possibilidades de crescimento e desenvolvimento cultural.

Nós separamos os museus entre internacionais e nacionais. Fala sério: quem diria que você poderia visitar o Museu do Louvre pela manhã e, posteriormente, já estar na Pinacoteca de São Paulo durante a tarde?

Ah, para acessar as exposições on-line, é só clicar no link com o nome do museu que aparece em cada uma das descrições, tá bom?

Museus virtuais internacionais

Museu do Louvre (França)​

Museu do Louvre tem entre as exposições on-line disponíveis The Advent of The Artist (O Advento do Artista), Power Plays (Jogos de Poder), Founding Myths: From Hercules to Darth Vader (Mitos Fundadores: de Hércules a Darth Vader) e Egyptian Antiquities (Antiguidades do Egito).

Museus Vaticanos (Vaticano)​

O conglomerado dos Museus Vaticanos tem tours fantásticos. Entre eles uma visão em 360º da Capela Sistina, famosa obra de Michelangelo, que levou de 1508 a 1512 para ficar pronta.

Museu Van Gogh (Países Baixos)

Museu Van Gogh tem obras do pintor que viveu de 1853 a 1890 e é considerado uma das figuras mais importantes e influentes da história da arte ocidental, responsável por criar mais de 2 mil trabalhos em um intervalo de tempo um pouco maior que uma década.

Museu Metropolitano de Arte (Estados Unidos)​

Museu Metropolitano de Arte, informalmente conhecido como “The Met”, é um dos mais visitados do planeta e abriga uma valiosíssima coleção de pintura europeia dos séculos XII a XX. Além de obras da arte antiga (egípcia, romana, grega e assírio-babilônica) e oriental.

Museu Britânico (Reino Unido)

O tour virtual no Museu Britânico é um pouco diferente do que acontece com os outros. Já que os itens são exibidos em algo similar a uma linha do tempo, a qual tem as divisões das épocas e dos continentes, mas com certeza vale a sua visita.

Rijksmuseum (Museu do Estado, Países Baixos)​

O famoso Rijksmuseum, em Amsterdã, conta com várias obras lendárias de Rembrandt, Van Gogh e outros mestres neerlandeses, com uma série de pinturas da idade de ouro no país e uma bela coleção de arte asiática.

MUSEU DE ORSAY (FRANÇA)

O parisiense Museu de Orsay, que fica na margem esquerda do Rio Sena, reúne pinturas e esculturas da arte ocidental do período de 1848 a 1914, com obras de Van Gogh, Maurice Denis, Odilon Redon e Cézanne Degas.

Galeria Nacional de Arte (Estados Unidos)

Galeria Nacional de Arte é bastante famosa e conta com duas exposições on-line pelo Google: uma da moda dos Estados Unidos de 1740 a 1895 e outra com uma coleção de obras do pintor neerlandês Johannes Vermeer, do período barroco.

Veja também!

museus virtuais nacionais

Pinacoteca do Estado de São Paulo (São Paulo)​

Pinacoteca do Estado de São Paulo é um dos principais museus do estado e oferece uma experiência riquíssima de museu on-line, tanto com o acervo da instituição quanto com seu próprio espaço digitalizado.

Museu Nacional (Rio de Janeiro)​

O magnífico Museu Nacional, mais antigo com temática de história natural do Brasil e do mundo, é justamente aquele que foi atingido por um incêndio em 2018. Felizmente, foram feitas imagens dele em 2016 que puderam então serem eternizadas e até hoje visitadas como um museu virtual.

Museu da República (Rio de Janeiro)​

Outra opção do Rio de Janeiro que aparece na nossa lista de museus on-line é o Museu da República, inaugurado em 1960 quando a capital do país foi transferida para Brasília. Nele, há vários elementos que remetem ao período das primeiras repúblicas do Brasil.

Museu Casa Portinari (São Paulo)​

O Museu Casa Portinari é o museu on-line perfeito para os admiradores de Cândido Portinari. Localizado na cidade de Brodowski, interior de São Paulo, ele se encontra no edifício que serviu como a casa do pintor, a qual aliás ainda tem alguns de seus objetos pessoais.

Museu do Futebol (São Paulo)​

Os apaixonados por futebol encontrarão o museu virtual perfeito no Museu do Futebol, que traz materiais fantásticos sobre o esporte característico do brasileiro. Além disso, é possível conferir mais de 700 itens e 14 mostras na visita online.

Museu OSCAR NIEMEYER (PARANÁ)

Museu Oscar Niemeyer é dedicado à exposições de arquitetura, design, urbanismo bem como artes visuais. Fisicamente, o espaço tem aproximadamente 35 mil m² de área construída e de 17 mil m² de área expositiva, o que o torna, então, o maior neste quesito em toda a América Latina.

museus online: ONDE ENCONTRAR?

museu onlineAlém das ótimas opções de museus virtuais que separamos para você visitar com as crianças, você ainda pode encontrar vários outros, não só no exterior mas também no Brasil.O Museum Views, do Google, que já comentamos no início deste artigo, tem mais de 11,9 mil artistas, ou seja, isso significa que você poderá agregar muito conhecimento sobre arte e história dentro da plataforma.Você também tem a opção de navegar por museus on-line no Brasil através do site Era Virtual. Na data da criação deste conteúdo, eram 37 visitas virtuais e mais de 45,8 mil peças catalogadas, que te permitirão conhecer ainda mais do potencial artístico e histórico do nosso país.Vale lembrar que além dos museus virtuais, existem várias outras atividades muito legais para fazer em família durante a quarentena. A leitura, por exemplo, pode ser uma ótima opção. Que tal criar esse hábito com os pequenos? Você pode conferir as dicas do Quindim dos os melhores livros infantis! Ou ainda pode aproveitar esse momento para apresentar a poesia para as crianças caso elas ainda não tenham tido contato com o gênero. Nós te ajudamos a encontrar o melhor poema infantil para o seu pequeno! Nós separamos também as melhores atividades de alfabetização que você pode fazer em casa se o seu filho estiver nessa fase!   E aí, qual dos museus virtuais você mais gostou? E entre as exposições on-line, tem alguma preferência? Acha que faltou algum museu? Deixe sua opinião aqui nos comentários! Quer receber livros infantis selecionados pela melhor equipe de curadoria do Brasil? Assine já o Clube Quindim!

ESTES ARTIGOS PODEM SER DE SEU INTERESSE

Filmes para assistir com os filhos: 4 histórias sobre mães e filhos

meninos e meninas

Meninos e meninas ao redor do mundo: como diferentes culturas os enxergam