Você já parou para pensar sobre a importância das práticas artísticas pelos pequenos? Nesse sentido, o teatro infantil pode ser uma atividade muito enriquecedora e que contribui muito para o desenvolvimento infantil. Por isso, o Clube Quindim explica para você como os pequenos podem se beneficiar dessa atividade!

É possível que compreendamos melhor o teatro infantil se também nos pautarmos pelo entendimento de que o conceito de infância, criado em boa parte do território ocidental, é recente em relação à existência humana. Ainda se faz necessário problematizar a forma que enxergamos a criança em nossa sociedade, bem como a gama cultural que ofertamos a ela.

Algumas respostas, certamente, surgirão a partir de reflexões dos nossos comportamentos e aprendizados durante os primeiros anos de vida. Portanto, que esse momento nos sirva como portal de retorno à criança que fomos: ao encontro de nossas memórias afetivas que, com sorte, tiveram ricas contribuições da linguagem teatral!

Aos que não tiveram o privilégio dessa oportunidade, possa esse texto suscitar inspirações acerca da importância de práticas artísticas na trajetória das crianças e motivar ações que contribuam para uma vivência mais lúdica desde o nascimento!

Veja também: 6 mitos sobre livro infantil que você precisa esquecer

A infância e suas concepções no decorrer da história

teatro infantil e a importância de práticas artísticas

Num breve panorama histórico, vemos que “na Grécia Antiga, a infância era um período fantástico para o aprendizado. É comum se dizer que o que se aprende quando criança fica de modo indelével na memória.” (NAZARETH, 2010, p. 175). Em Roma, não se tinha qualquer vestígio de preocupação com o período anterior à maturidade. Já a Idade Média não conseguiu produzir definições para a vida dos adultos, muito menos para a dos “pequeninos”. Tanto que só era criança quem não havia passado dos sete anos!

Somente a partir do séc. XVII é que vamos ver a molecada sendo respeitada como sujeito, pós invenção da imprensa e consequentemente da escola. No entanto, as primeiras formulações para se entender o universo infantil foram acontecer no séc. XVIII e final do séc. XIX. E tais concepções se fundamentaram até os dias de hoje.

Teatro infantil e sua importância

Quando idealizamos um espetáculo infantil, estamos também formulando uma abstração do que é ser criança, pois há o intuito artístico de conseguir levar à cena o máximo que se pode alcançar sobre as subjetividades dela. Desde pequenininhos, os indivíduos fazem muitas leituras da realidade. Em razão disso, encenar sobre o “real” na infância é comunicar-se através da imaginação, da capacidade criativa para o jogo que dispomos antes da chegada da adolescência.

A verdade das coisas se dá no instante em que elas são vivenciadas, assim como no teatro infantil e no jogo teatral: num piscar de olhos, por meio da imersão em uma história, uma sala pode virar um grande navio, com sons de pássaros e o balanço do mar ao fundo, e uma brisa gelada tocando o rosto da gente.

É bem possível que, lá pelos quatro anos de idade, tenhamos inventado palavras engraçadas para dar nome a objetos desconhecidos, ou até mesmo cultivado amizade com algum ser imaginário. Ou, ainda, lembramos com carinho nomes dados às bonecas, plantas, conchas, meias… A criança é a personificação de uma inquietante curiosidade sobre tudo que existe. Assim como o teatro, em sua fome de ler o mundo, também a criança produz linguagem.

O público infantil talvez seja o mais exigente. Que o digam atores mundo afora! Muitos, possivelmente, já tiveram seus “malvados” personagens denunciados antes mesmo de entrar em cena, chegando a ficar impossibilitados de dar seus textos por conta das tamanhas vaias que recebiam durante o espetáculo – isso porque a criança vive a cena com o mesmo modus operandi que realiza sua própria vida! Seu teatro é, por essência, a evocação da presença.

Que tal aproveitar para fazer alguns jogos teatrais com os pequenos e toda a família? Confira algumas dicas e dinâmicas bem divertidas no vídeo abaixo!

Assine o Clube Quindim

APROVEITE ESTE MOMENTO PARA INCENTIVAR A LEITURA!