O que é sororidade?

Sororidade. Essa palavra certamente já ecoou pelos seus ouvidos e, hoje, vamos falar um pouco sobre o que ela significa de fato. O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa (DPLP) a descreve como “relação de união, de afeição ou de amizade entre mulheres, semelhante à que idealmente haveria entre irmãs”. Ou seja, sororidade nada mais é do que ouvir, respeitar e acolher a outra mulher. Refere-se à palavra “empatia”, que está na moda falar, mas que, de fato, é muito importante sobretudo na vida das meninas.

O termo traz uma importante reflexão sobre o quanto cada mulher pode e deve se colocar no lugar da outra, respeitando todas as camadas envolvidas, como questões sociais e raciais. Pode-se dizer que a sororidade é uma resposta às ações da nossa sociedade patriarcal, que faz questão da invisibilidade e do silenciamento feminino. A força desse movimento é capaz de mudar estruturas sociais por meio de um movimento político que, cada vez mais, impulsiona e coloca em pauta assuntos extremamente necessários para discussão e reflexão.

Veja também: 7 livros com protagonistas femininas que os pequenos precisam conhecer

SORORIDADE FORA DO INSTAGRAM

O que é sororidade

Mães que têm filhas sabem a importância de ensinar suas pequenas sobre o que é sororidade. Trazer o assunto de maneira natural e desde muito cedo faz que as meninas cresçam em ambientes mais seguros, confortáveis e com esperança de que suas vozes serão escutadas com respeito. Então, é muito importante que as mães (e por que não pais e cuidadores de um modo geral também?) ensinem as pequenas sobre a importância de escutar, acolher, respeitar, se colocar no lugar e dar voz às mulheres.

Fale com as meninas sobre ações práticas do que é sororidade. Pensando em um contexto escolar e na vida, peça para sua filha compartilhar ensinamentos gerais com suas amigas. Fale com ela para que reflita sobre seu cuidado com outras amigas, questionando se ela as trata da mesma forma que gostaria de ser tratada. Disserte sobre a importância de sempre encorajar outras mulheres e criar oportunidades para que todas se sintam seguras para estudar, trabalhar e externar o que pensam.

Veja também: Mais mulheres na política. Por que essa representatividade é tão importante?

Rivalidade entre as mulheres ficou no século passado

Você sabe o que é sororidade

A estrutura de sociedade patriarcal criou, de forma muito consistente e consciente, a tal rivalidade entre as mulheres. Porém, esse cenário de competição o tempo inteiro ficou no passado – embora existam muitas pessoas e empresas que ainda criam situações e acreditam nesse comportamento completamente ultrapassado. É importante, portanto, falar também sobre isso com as meninas. Elas precisam crescer com esse sentimento muito forte: não há competição entre nós. Existem caminhos muito certos para colocar esse tipo de comportamento em prática. Reforce, por exemplo, que é inaceitável qualquer desmerecimento a outra mulher, seja pelo seu trabalho, suas características físicas ou sociais.

Sabemos que uma voz única não é ouvida, assim como uma atitude isolada não faz grandes transformações. É preciso que as mulheres lutem juntas por igualdade e respeito. Quando uma levanta a outra, dá voz a sua parceira e se coloca no lugar da outra o tempo todo o mundo só tem a ganhar. São essas atitudes que farão a diferença na construção de um mundo melhor, repleto de sororidade e de amor.

Assine o Clube Quindim

APROVEITE ESTE MOMENTO PARA INCENTIVAR A LEITURA!