Ana Maria Machado é a nova curadora do Clube Quindim

Entregar os melhores livros infantis para as crianças de todas as regiões do Brasil é a proposta do Clube de Leitura Quindim. Para viabilizar esse objetivo, o Clube conta com o apoio de conceituados nomes da literatura infantil e juvenil e profissionais de diferentes áreas do conhecimento que atuam na promoção da leitura e na valorização da infância. Com esse trabalho sério e focado na formação de uma sociedade de leitores plenos foi que o Quindim conseguiu reunir em seu conselho curador um time de estrelas que há anos formam gerações e gerações de leitores.

Entrando no seu terceiro ano de existência, o Clube Quindim ganha o apoio e a participação de uma das mais importantes escritoras da Literatura Brasileira, Ana Maria Machado. A carioca fundou a primeira livraria infantil no Brasil, a Malasartes. Foi ganhadora do Prêmio Casa de las Américas (1981), ganhadora de inúmeros Prêmios Jabuti, se tornou Hours Concours do Prêmio da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil – FNLIJ, ganhadora do Prêmio Hans Christian Andersen (2004), considerado o Nobel da Literatura Infantil. Ana Maria tornou-se imortal da Academia Brasileira de Letras em 2003 e presidiu a instituição no biênio 2012/2013.

Ela possui uma trajetória de luta pela literatura, pela leitura, pela liberdade e por uma infância crítica, que começou quando muitos de nós sequer tínhamos nascido. A história de Ana Maria Machado nessa luta começa antes mesmo de ela publicar seu primeiro livro, lutando ao lado dos professores contra a ditadura na década de 1960, motivo pelo qual ela foi presa e saiu em exílio. Enquanto vivia o exílio e os primeiros anos da maternidade, escrevia sua tese orientada por Roland Barthes e artigos em jornais e revistas. Foi na Revista Recreio que ela começou a escrever para crianças. E só alguns anos depois de voltar do exílio que Ana publicou seu primeiro livro.

Desde os anos 1970, suas obras estão no mercado formando diferentes gerações de leitores. Para o Clube Quindim, ter uma grande especialista que acompanhou a evolução do mercado editorial é fundamental. A própria autora ressalta essa evolução:

“É impressionante como temos tantos livros bons. Quando a gente começa a examinar confirma que realmente a qualidade de nossa Literatura Infantil e Juvenil é fantástica. O difícil é excluir, não incluir novos livros.”

Ana Maria Machado

Pensando nessa dificuldade que as famílias têm de escolher os melhores livros para as crianças, dentro desse cardápio diversificado de possibilidades, o Clube Quindim aposta nessa assessoria qualificada e montou um grupo de curadores das diferentes áreas do conhecimento. Além de escritores e ilustradores renomados fazem parte da curadoria profissionais da pedagogia, da biblioteconomia, da psicanálise, da psicologia, da pediatria e especialistas em literatura para a infância.