Crônicas infantis:

5 livros para as crianças amarem o gênero

A crônica é um gênero textual tipicamente brasileiro que trata de acontecimentos cotidianos com tema, espaço e personagens reduzidos. Mas como introduzir a crônica para os pequenos e despertar a paixão pelo gênero nas crianças? Uma boa dica é começar ler crônicas infantis com as crianças desde cedo. Então, confira as dicas do Clube Quindim: 

Amor, o coelho

0 a 12 anos

O que é o amor para você? Nessa crônica para crianças, vamos acompanhar a história do Amor, um coelho muito sapeca que, ao mesmo tempo, pode ser uma metáfora para próprio o sentimento do amor.

Greg, o menino que morava em um trem

3 a 8 anos

O divórcio já costuma ser um momento muito difícil para nós adultos. Imagine então para os pequenos que estão vivendo o divórcio dos pais. É exatamente esse tema que essa crônica infantil vai abordar. Usando a metáfora sensível de um trem onde todos vivem juntos, os autores nos mostram os desdobramento que ocorrem quando os pais de Greg decidem não morar mais juntos no mesmo vagão.

Nunca acontece nada na minha rua

3 a 12 anos

Luíz Rodolfo é um menino que vive entediado porque nada acontece na rua dele. Porém, enquanto acompanhamos as reclamações desse menino, vemos através da leitura das imagens que, na verdade, muitas coisas estão acontecendo ao redor do menino. Ele só não as percebe porque está sempre reclamando de como sua vizinhança é um tédio.  

A colecionadora de cabeças

3 a 12 anos

Nesta crônica infantil vamos conhecer Rosália, uma colecionadora de cabeças. Ela é fascinada pelo que levamos dentro de nós e as ilustrações riquíssimas de Ana Matsusaki mostram em detalhes tudo o que tem na cabeça dos personagens da obra. E você? O que guarda dentro da sua cabeça? 

Coisas para deslembrar

6 a 12 anos

A última das crônicas infantis dessa lista vem em um livro com uma proposta diferente. Aqui todo o texto está coberto por tinta preta e aos poucos, a cada virar de página, novas palavras são reveladas por detrás da tinta. De forma que apenas no final vislumbramos o texto completo.