Seleções > Talvez eu seja um elefante

TALVEZ EU SEJA UM ELEFANTE

Texto: Jean-Claude R. Alphen

Ilustração: Jean-Claude R. Alphen

Editora: Melhoramentos
O que é ser um coelho? Um filhote perdido na floresta precisará observar suas particularidades frente a outros animais para descobrir quem é e o lugar que ocupa no mundo, numa jornada de autodescoberta... e gargalhadas!
SINOPSE
Foto do resenhista Giulia Batelli
por Giulia Batelli

Um pequeno coelho se perde de sua família antes mesmo de abrir os olhos pela primeira vez. Ao acordar, não sabia onde estava e nem quem era. Para descobrir sua identidade, saiu perguntando aos outros bichos. Contudo, nem sempre o outro tem uma visão coerente ou generosa nas respostas, então, o pequeno coelho ouviu muitas sugestões que não condiziam com sua natureza.

Acreditando ser uma raposa, o coelho encontra uma de verdade pelo caminho. Ela pergunta ao filhote se gosta ou não de caçar coelhos e ele percebe, então, que não é uma raposa. Talvez por traquinagem, a raposa embaralha tudo: diz ao elefante que ele é um coelho e ao coelho que é um elefante, possivelmente com um claro objetivo em sua cabeça: escapar do seu caçador, e não afugentar sua caça.

É confrontando e sendo confrontado a todo instante que o personagem descobre tudo aquilo que ele não é. O processo de autoconhecimento é uma jornada de questionamentos que nem sempre levam a uma resposta direta. Porém, às vezes a pergunta é capaz de elucidar tanto quanto uma resposta. A história de Jean-Claude Alphen promove reflexões sobre o que forma uma identidade. Será a nossa origem? Nossa natureza? Nossos gostos? Ou um pouco disso tudo além de outras influências? 

Como vivemos em uma sociedade que elabora sistemas de categorização para compreender as realidades que construímos, é necessário pensar sobre o que constitui cada ser no intuito de poder se autoconhecer e definir-se perante os outros. O que caracteriza um coelho? O personagem precisará observar suas características físicas, tendências e vocações pessoais e compará-las com os demais seres para saber quem é e qual lugar ocupa no mundo.


INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 0-2, 3-5
Ano: 2017
País: Brasil
ISBN: 9788506079881
DIMENSÕES E ACABAMENTO
26 cm x 20 cm x 0.5 cm
Peso: 100 g
Páginas: 48
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Autoconhecimento e autocuidado, Empatia e cooperação, Trabalho e Projeto de Vida, Argumentação
TIPOS DE LEITURA
Para refletir, Para se divertir
GÊNEROS
Álbum ilustrado, Narrativa acumulativa, Fábula e história de animais
ASSUNTOS
Empatia, Humor, Animais, Identidade, Existência, Aparência, Autoimagem, Bullying, Assédio moral, Urso, Comparações, Raposa, Dúvidas existenciais, Investigação, Coelho, Elefante
SOBRE JEAN-CLAUDE R. ALPHEN
Foto do autor Jean-Claude R. Alphen
Escritor e ilustrador, carioca, passou a infância na França, terra natal de seu pai, retornou ao Brasil, terra natal de sua mãe, onde vive desde 1976. Estudou marketing e Publicidade (ESPM) e trabalhou como caricaturista no jornal O Estado de São Paulo. Desde 1990 se dedica à narrativa literária para a infância. Foi condecorado com alguns prêmios, entre eles, 2010, com Um sujeito sem qualidades - Prêmio Glória Pondé/Livro Infantil e Juvenil, em 2017, Adélia vence a categoria Ilustração Infantil - Prêmio Jabuti, e, 2018, Super é selecionado pela biblioteca de Munich para o catálogo The White Ravens.
leia mais...

CLUBE DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 21.796.019/0001-66
atendimento@quindim.com.br
(11) 4563-6701

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.35