Seleções > Pena de ganso

PENA DE GANSO

Texto: Nilma Lacerda

Ilustração: Rui de Oliveira

Editora: DCL - Difusão Cultural do Livro
A duras penas, ela há de escrever, um dia: Eu sou Aurora — num desejo só, forte feito tudo, nesta comovente história pelos caminhos da escrita e das práticas de leitura num Brasil de um século atrás, mas ainda muito presente.
SINOPSE
Foto do resenhista Peter O' Sagae
por Peter O' Sagae

A fim de vender as terras que recebera de herança, Estefânia viajou para Portugal. Estava grávida e voltaria com a filha em seus braços. Aurora nasceu em meio ao mar, sem a certeza de que pudesse ver a luz do próximo dia. Daí um nome escolhido com muita esperança... O pai já havia providenciado uma casa nova para a família e a menina passaria toda a vida entre o quintal e a cozinha, ajudando a mãe nas tarefas diárias, cuidar das galinhas, recolher ovos, vendê-los às dúzias, regar as couves e as dálias, descascar as batatas para o almoço e para o jantar. O pai era um homem trabalhador e reserva-se o direito de ver Péricles e Augusto homens feitos, doutores, por isso os meninos iam à escola. Aurora não.

Seria por causa de sua frágil saúde, aqueles ataques que lhe vinham, um ponto escuro no olho que ia apagando todo o mundo, a língua começando a enrolar, a sufocação que a fazia perder os sentidos? Ou era coisa das famílias da época?

Ambientada no Rio de Janeiro, na década de 1920, a novela de Nilma Lacerda nos faz enxergar costumes e tramas familiares com os olhos e a sensibilidade de Aurora. É muito certo que as crianças não podiam partilhar das conversas entre os adultos, nem demonstrar claramente seus sonhos, mas a menina percebia não existir uma regra comum em todas as casas. Sua prima Isolina ia à escola, pois os tios não tinham outros filhos com quem se preocupar... Já o primo Gastão com doze anos não ia à escola, pois precisava ajudar o pai na fábrica... Contudo, Aurora se via obrigada a viver ao pé da mãe.

Numa trama transbordante de vozes, nem mesmo a falta de afetos e perspectivas impede a história ser escrita com delicadeza. Essa ambiguidade entre o conteúdo e a forma apresenta-se igualmente nos desenhos de Rui de Oliveira, marcados pelo lápis litográfico, o grafite e o crayon. É certo que a vida de Aurora nunca teve o brilho e a suavidade das cores. São as sombras na ilustração que, no entanto, amenizam a aspereza dos traços fortes sobre o papel.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 9+
Ano: 2005
País: Brasil
ISBN: 9788536800530
DIMENSÕES E ACABAMENTO
24 cm x 16.8 cm x 1.3 cm
Peso: 400 g
Páginas: 144
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Autoconhecimento e autocuidado, Empatia e cooperação, Conhecimento, Repertório Cultural, Trabalho e Projeto de Vida
PRÊMIOS
Láurea Altamente Recomendável - Jovem da FNLIJ
TIPOS DE LEITURA
Para refletir, Para se emocionar
GÊNEROS
Novela, Realismo crítico, Realismo histórico
ASSUNTOS
Família, Livro, Alfabetização, Escola, Diferenças sociais, Protagonismo feminino, Leitura, Questões de gênero, Convenções, Exclusão social, Desigualdade, Inclusão social, Educação dos filhos
SOBRE NILMA LACERDA
Foto do autor Nilma Lacerda
Nilma Lacerda é uma escritora e estudiosa da literatura, nascida no Rio de Janeiro, iniciando sua carreira literária em 1985, com a publicação do romance Manual de tapeçaria, seguindo a produção de novelas num linguagem elaborada e poética, acessível a leitores jovens. Tem recebido o reconhecimento da crítica, através de láureas de “Altamente Recomendável”, o Prêmio Alfredo Machado Quintella, o Prêmio Orígenes Lessa, o Prêmio Cecília Meireles (ensaio), o Prêmio Monteiro Lobato (tradução), todos estes da FNLIJ; além do Prêmio Jabuti, na categoria juvenil, o Prêmio Brasília de Literatura, e uma indicação à Lista de Honra do IBBY. É professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense, com inúmeros artigos científicos publicados.
leia mais...
SOBRE RUI DE OLIVEIRA
Foto do autor Rui de Oliveira
Nasceu no Rio de Janeiro e é autor e ilustrador de literatura infantil. Formado em artes gráficas, estudou pintura no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, ilustração no Instituto Superior Húngaro de Artes Industriais e cinema no Pannónia Film Studio, em Budapeste.
leia mais...

CLUBE DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 21.796.019/0001-66
atendimento@quindim.com.br
(11) 4563-6701

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.35