Seleções > Os Saltimbancos

OS SALTIMBANCOS

Texto: Sergio Bardotti

Ilustração: Ziraldo

Tradutores: Chico Buarque

Editora: Autêntica
Fugindo de maus-tratos, quatro animais se encontram na estrada e então se juntam rumo à cidade de seus sonhos. Aprendem que a união é tudo o que precisam e que o melhor amigo do bicho é... outro bicho!
SINOPSE
Foto do resenhista Giulia Batelli
por Giulia Batelli

Cansado de carregar tanto peso, um jumento pensa em ir para a cidade. Mas fazer o quê na cidade? Quando alguém não sabe fazer mais nada, nada mesmo, pode ser artista. Todos cantam mesmo quem não sabe cantar, é o que pensa o jegue. No meio da estrada, encontra um cachorro, em seguida uma galinha e, depois, uma gata. Todos estão cansados de exploração e embalam na ideia de virar artista na cidade. A opressão que sofrem de seus donos fica para trás e os animais buscam a liberdade.

Cada um dos bichos tem um ideal da cidade grande. Para o cachorro, não há carros e tem muito poste espalhado. Já para a galinha, as ruas são cheias de minhocas. A gata imagina sardinha em um bonde de lata e alcatra no final da linha. Mas o jumento é velho e sábio e acredita que a cidade é uma grande senhora que hoje sorri e amanhã te devora.

Na trajetória, os quatro bichos vão descansar na pousada do bom barão e, ao encontrar os antigos donos, os colocam para correr. Assim, descobrem que um bicho só é só um bicho e que juntos são mais fortes. Os homens voltam, mas novamente fogem com a união dos animais. A partir disso, os bichos deixam de querer mudar de lugar e decidem viver a liberdade ali mesmo.

O jumento faz alusão aos trabalhadores rurais, a galinha representa a classe operária, o cachorro remete aos militares e a gata faz referência aos artistas. É possível também associar o barão com a elite. 

“Os saltimbancos” é uma peça musical infantil, inspirada no conto "Os Músicos de Bremen", dos irmãos Grimm. A peça original, em italiano, tem canções com letras de Sergio Bardotti e música de Luis Enríquez Bacalov. A tradução e a adaptação para o português foram feitas por Chico Buarque. Esta edição traz as características ilustrações de Ziraldo.


INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 0-2, 3-5, 6-8, 9+
Ano: 2017
País: Brasil
ISBN: 9788551301081
DIMENSÕES E ACABAMENTO
27 cm x 21 cm x 0.8 cm
Peso: 180 g
Páginas: 36
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Pensamento científico, crítico e criativo, Autoconhecimento e autocuidado, Empatia e cooperação, Repertório Cultural, Trabalho e Projeto de Vida
PRÊMIOS
Prêmio FNLIJ -Teatro
TIPOS DE LEITURA
Para refletir, Para se divertir
GÊNEROS
Poesia, Fábula e história de animais, Texto teatral, Reconto
ASSUNTOS
Cachorro, Amizade, Poder, Música, Arte, Trabalho, Exploração, Animais, Individualidade, Gato, Liberdade, Teatro, Direitos Humanos, União, Galinha, Opressão, Burro
MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O LIVRO
ISSUU | Prévia do livro
SOBRE SERGIO BARDOTTI
Foto do autor Sergio Bardotti
Sergio Bardotti foi um letrista italiano. Criou, junto com o músico argentino Luis Enríquez Bacalov, o álbum "I musicanti", que depois foi traduzido e adaptado para o português por Chico Buarque, se tornando o famoso musical infantil "Os Saltimbancos".
leia mais...
SOBRE ZIRALDO
Foto do autor Ziraldo
Cartunista, desenhista, jornalista, cronista, chargista, pintor e dramaturgo brasileiro. É o criador do personagem de quadrinhos infantil “O Menino Maluquinho”. Foi um dos fundadores da revista humorística “O Pasquim”. Formou-se em Direito na Universidade Federal de Minas Gerais, em 1957 e no mesmo ano foi trabalhar na revista O Cruzeiro, publicação de grande prestígio na época. Em 1960 lançou a revista em quadrinhos: A Turma do Saci Pererê, a primeira feita por um só autor e a primeira feita em cores no Brasil. Em 1963 ingressou no Jornal do Brasil. Em 1964 lançou a revista O Pasquim, da qual participavam diversos críticos do regime militar, como os cartunistas Jaguar e Henfil. Em 1969, Ziraldo lançou seu primeiro livro infantil FLICTS. Em 1980, lançou o livro O Menino Maluquinho, um dos maiores fenômenos editoriais no Brasil. O livro foi adaptado para o teatro, televisão, quadrinhos, videogames e cinema. As obras de Ziraldo já foram traduzidas para diversos idiomas e publicadas em revistas conhecidas internacionalmente, como a inglesa Private Eye, a francesa Plexus e a americana Mad. Em 2008, Ziraldo recebeu o VI Prêmio Ibero Americano de Humor Gráfico Quevedos. O prêmio recebido pelo cartunista deveu-se à importância social e artística do autor. Ziraldo é autor de mais de 130 livros.
leia mais...

CLUBE DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 21.796.019/0001-66
atendimento@quindim.com.br
(11) 4563-6701

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.35