Seleções > O caminhão

O CAMINHÃO

Texto: Lúcia Hiratsuka

Editora: Cortez
Enquanto espera o cinema itinerante chegar, Marina apenas pensa num jeito de apressar o tempo. Afinal, quantos caminhos um caminhão carrega consigo?
SINOPSE
Foto do resenhista Peter O' Sagae
por Peter O' Sagae

Marina está ansiosa para a chegada do caminhão no lugarejo onde mora, contando os dias, perguntando aos pais e aos avós quanto tempo ainda é preciso esperar... e vai imaginando as paisagens por onde ele atravessa antes de fazer a parada e pousar ali por perto, entre a pequena cidade e a roça. Ah, o que esse caminhão traz de muito especial para a menina?

Essa é a surpresa do livro que narra com palavras e silêncios, uma história do cotidiano familiar que ainda acontece em distantes lugares do país, com um toque particular da memória da artista que passou sua infância no interior do oeste paulista. A história da espera pelo cinema itinerante possui algo de mágico e foi articulada em dois planos de ação simultânea, como se fosse um filme projetado dentro do livro... Nas páginas dominadas pelo fundo branco, encontramos a narração verbal e as ilustrações que descrevem o cotidiano de Marina, o pai riscando a folhinha de papel na parede, a mãe e as meninas pendurando a roupa projetando a sombra no lençol, a avó separando o feijão do caruncho e outras sujidades, o avô engraxando os sapatos, as brincadeiras com as irmãs, até o grande dia da chegada do caminhão. Enquanto isso, na abertura de páginas intercaladas à história da menina, vemos quadros mais coloridos ou panorâmicas da estrada dentro de molduras — ali está a viagem e a aproximação do grande veículo com carroceria. O caminhão todo azul. Quem vem ou parte, no passado ou no futuro. Por caminhos banhados com a luz do sol, com a lua de chapéu, atrás das nuvens... e chuva!

Como um projeto autoral particular, as histórias de Lúcia Hiratsuka sempre contém elementos de sua infância caipira com um tempero oriental. As memórias são filtradas e mescladas a delicados fios de afeto sobre o que realmente viveu, o que pode reinventar e então compartilhar na forma mista de sua literatura palavra e imagem.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 0-2, 3-5, 6-8
Ano: 2017
País: Brasil
ISBN: 9788524925542
DIMENSÕES E ACABAMENTO
26.2 cm x 20.2 cm x 0.6 cm
Peso: 210 g
Páginas: 40
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Conhecimento, Repertório Cultural, Trabalho e Projeto de Vida
TIPOS DE LEITURA
Para refletir, Para se emocionar
GÊNEROS
Álbum ilustrado, Conto, Realismo cotidiano, Crônica
ASSUNTOS
Família, irmãos, Mãe, Arte, Suspense, Diversidade cultural, Costumes antigos, Avô, Avó, Meios de transporte, Pai, Comunidade, Cinema itinerante, Lazer, Caminhão, Cinema, Cotidiano rural
SOBRE LÚCIA HIRATSUKA
Lúcia Hiratsuka nasceu no interior do estado de São Paulo, em um sítio chamado Asahi próximo à cidade de Duartina. É deste universo caipira com um toque oriental que a escritora e ilustradora retira a inspiração para grande parte de suas histórias que une, com simplicidade e poesia, a arte da palavra e a narrativa por imagens. Desde os anos 1990, ela tem se dedicado ao estudo e à produção de livros para crianças, além de uma novela para jovens leitores. Já foi diversas vezes reconhecida com o Prêmio Jabuti, selos de “Altamente Recomendável” e outras distinções pela FNLIJ, com trabalhos publicados no Brasil e no exterior.
leia mais...

CLUBE DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 21.796.019/0001-66
atendimento@quindim.com.br
(11) 4563-6701

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.35