Seleções > O caderno vermelho da menina karateca

O CADERNO VERMELHO DA MENINA KARATECA

Texto: Ana Pessoa

Ilustração: Bernardo Carvalho

Editora: SESI-SP
“Por vezes gostaria de ser como você: vários seres num só, várias possibilidades, várias formas de expressão, vários conteúdos. Um gato, um coelho, uma mosca, uma personagem, uma pessoa, um caderno vermelho. Quero ser como você.”
SINOPSE
Foto do resenhista Peter O' Sagae
por Peter O' Sagae

Não é um diário o caderno vermelho liso, 13x21 cm, 240 páginas em branco, pois escrever um diário é uma coisa muito chata — é o que pensa N, a menina karateca com sua mania de dizer que não é menina, é karateca. O Raul tem ombros de pedra, cabelos em caracóis como a copa de uma ameixeira, sabe bem disso e não a trata como menina: treina constantemente com ela porque é uma karateca. Na verdade, N é a segunda letra de seu nome e, assim, o leitor atento do caderno vermelho pode desconfiar que exista algo em comum entre a personagem e a escritora. Às vésperas de completar 15 anos, ela comprou um caderno com 240 patinhas onde guarda suas observações científicas e os contos surreais que inventa. O caderno também não é um caderno. Ela mesma já o viu várias vezes próximo à janela, num voo caótico como uma mosca ou abanando o marcador de página de tecido como um gato. Mais do que isso, o caderno é um caderno que lê o que ela escreve ou ele é o próprio autor?

De um modo muito bem bolado, a dor de crescimento diminui com outras preocupações. Quem é você?, a menina pergunta ao caderno e, como num jogo de espelhos, o espaço em branco parece rebater o questionamento para ela. E o que você vai ser quando crescer?

Já o livro é um espaço multidimensional do pensamento e da escritura, em palavra e imagens. A narrativa fragmentária permite à Ana Pessoa saltos e encaixes de outras histórias que N constrói, bem como uma interessante interrupção dos curtos capítulos para introduzir uma sequência de páginas com os desenhos de Bernardo Carvalho que não sabemos se (a) ilustram os últimos fatos contados e imaginados, (b) ilustram fatos futuros ou (c) narram visualmente o próprio tempo passando. É, enfim, mais importante viver do que fazer um diário — o cotidiano familiar, a escola e o shopping com as colegas, os treinos, os momentos de introvisão e de escrita de N, os passeios do caderno feito um gato preto de coleira vermelha... Este é um livro de muitos caminhos, personagens e anti-personagens, trânsito e interpretações.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 9+
Ano: 2014
País: Brasil
ISBN: 9788582052310
DIMENSÕES E ACABAMENTO
23.6 cm x 17 cm x 1.8 cm
Peso: 640 g
Páginas: 144
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Pensamento científico, crítico e criativo, Comunicação, Autoconhecimento e autocuidado, Conhecimento, Repertório Cultural, Trabalho e Projeto de Vida, Argumentação
TIPOS DE LEITURA
Para refletir, Para se divertir, Para se emocionar, Para conversar sobre temas difíceis
GÊNEROS
Novela, Realismo cotidiano
ASSUNTOS
irmãos, Amor, Criatividade, Arte, Trabalho, Feminino, Rivalidade Fraternal, Ofício de Escritor, Religiosidade, Criação literária, Vocação, Escola, Existência, Protagonismo feminino, Adolescência, Empoderamento, Questões de gênero, Hipóteses, Desconstrução, Primeiro Amor, Esportes, Karatê, Dúvidas existenciais, Convenções
SOBRE ANA PESSOA
Ana Pessoa é uma escritora portuguesa de literatura para crianças e jovens, cujos livros, editados pelo Planeta Tangerina, foram publicados em outros países como Brasil, Chile, Colômbia, México, Sérvia e Holanda, merecendo distinções oriundas da FNLIJ (Brasil), do Banco del Libro (Venezuela), da Fundación Cuatrogatos (EUA), da Biblioteca Internacional de Munique (Alemanha), entre outras. Publica regularmente na blogosfera: www.belgavista.blogspot.com.
leia mais...
SOBRE BERNARDO CARVALHO
Foto do autor Bernardo Carvalho
Bernardo Carvalho fez o curso de desenho na Sociedade de Belas Artes e, aos vinte e dois anos, começou sua carreira como ilustrador. Fundou o Planeta Tangerina em 1999 e, desde então, tem conquistado muitos prêmios: BolognaRagazzi Awards, Gustav Heinemann Peace Prize, menção honrosa no “Best Book Design From All Over the World” da Leipzig Foundation, melhor álbum ilustrado no Deutscher Jungendliteraturpreis 2017, melhor livro editado no CJ Picture Book Festival da Coreia, Prémio Nacional de Ilustração 2009, melhor livro do Banco del Libro, da Venezuela, além da nomeação para a Lista de Honra do IBBY, publicando trabalhos em mais de 25 países.
leia mais...

CLUBE DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 21.796.019/0001-66
atendimento@quindim.com.br
(11) 4563-6701

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.35