Seleções > Nicolau tinha uma ideia

NICOLAU TINHA UMA IDEIA

Texto: Ruth Rocha

Editora: Moderna
Era uma vez um lugar em que cada pessoa só tinha uma ideia na cabeça. Até Nicolau chegar e começar a conversar com todo mundo!
SINOPSE
Foto do resenhista Felícia Fleck
por Felícia Fleck

Quantas ideias passam pela sua cabeça neste exato momento?

Quantas ideias você tem em um dia, uma semana, um ano?

De singelas e pequeninas a ideias mirabolantes são incontáveis, não é mesmo?

Pois havia um lugar onde as pessoas tinham apenas uma ideia na cabeça!

João tinha uma ideia assim, Maria outra assado, Pedro uma desse jeito e Manoela daquele outro. Até que apareceu um homem chamado Nicolau, que por sinal, também tinha uma ideia.

Assim que chegou, foi contar a sua ideia a João. Que ficou então com duas ideias na cabeça. O mesmo aconteceu com Nicolau. Nicolau não parou mais, foi contar a sua ideia a Maria, Pedro, Manoela e a uma porção de gente mais. E as ideias foram se misturando, se multiplicando e transformando os habitantes daquele lugar.

Uma simpática história da renomada escritora Ruth Rocha, enriquecida pelos traços divertidos de Alcy. Para ressaltar o valor da comunicação, do diálogo e da escuta aberta e atenta.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 0-2, 3-5
Ano: 2014
País: Brasil
ISBN: 851609085
DIMENSÕES E ACABAMENTO
27.6 cm x 22.8 cm x 0.6 cm
Peso: 240 g
Páginas: 30
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Pensamento científico, crítico e criativo, Comunicação, Empatia e cooperação, Responsabilidade e cidadania, Conhecimento, Repertório Cultural, Argumentação
TIPOS DE LEITURA
Para refletir, Para se divertir
GÊNEROS
Álbum ilustrado, Conto
ASSUNTOS
Diversidade, Diálogo, Comunidade, Ideias
SOBRE RUTH ROCHA
Foto do autor Ruth Rocha
Formada em Ciências Políticas e Sociais pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo, foi aluna do autor de Raízes do Brasil, o historiador Sérgio Buarque de Holanda. Na faculdade conheceu Eduardo Rocha (o “Rocha” da Ruth vem daí), com quem se casou. Viveram juntos por 56 anos, até o falecimento dele, em 2012. Tiveram uma filha, Mariana, inspiração para as primeiras criações da escritora.Entre 1957 e 1972 foi orientadora educacional do Colégio Rio Branco. Nessa época começou a escrever sobre educação para a revista Cláudia. Sua visão moderna sobre o tema, bem como o estilo claro e próprio, chamaram a atenção de uma amiga, Sonia Robato, que dirigia a Recreio, revista voltada para o público infantil. Certo dia, Sonia fez um convite-desafio para Ruth: em tom de brincadeira, trancou a amiga numa sala, dizendo que só saísse de lá com uma história pronta. Assim nasceu Romeu e Julieta, a primeira de uma série de narrativas originais e divertidas, todas publicadas na Recreio, que mais tarde Ruth veio a dirigir.A partir de 1973 trabalhou como editora e, em seguida, como coordenadora do departamento de publicações infanto-juvenis da editora Abril. Palavras, muitas palavras, seu primeiro livro, saiu em 1976. Seu estilo direto, gracioso e coloquial, altamente expressivo e muito libertador, ajudou — juntamente com o trabalho de outros autores — a mudar para sempre a cara da literatura escrita para crianças no Brasil. São cinquenta anos dedicados à literatura, e mais duzentos títulos publicados e já foi traduzida para vinte e cinco idiomas. Também assina a tradução de uma centena de títulos infanto-juvenis.
leia mais...

CLUBE DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 21.796.019/0001-66
atendimento@quindim.com.br
(11) 4563-6701

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.35