Seleções > Marginal à esquerda

MARGINAL À ESQUERDA

Texto: Angela Lago

Ilustração: Angela-Lago

Editora: RHJ
A música não deixa Miúdo entrar na vida do crime e ajuda a mãe a suportar a sua doença. A realidade da periferia em que vive impõe dificuldades para continuar seguindo com seu sonho.
SINOPSE
Foto do resenhista Giulia Batelli
por Giulia Batelli

Miúdo é um menino que mora na periferia de uma cidade grande. Tem apenas 10 anos e já lida com uma realidade complexa. Não vai muito bem na escola, sua mãe adoece e para de trabalhar. Pedem a ele que faça um trabalho clandestino, que não dá muito certo. E o resultado só não é pior porque a mãe intervém em favor dele.

Dono de um batuque diferente, Miúdo começa a participar de um projeto social a fim de manter-se longe da rua. Conhece o violino e a música dá a ele oportunidades, aproximando-o mais da figura da mãe. O filho do acaso agora torna-se um bom acaso. Já em casa, a mãe pede ao menino para tocar os movimentos das Quatro Estações de Vivaldi para acalentá-la na dor..

Com o avanço da doença da mãe, retornam dois irmãos que moravam em outra cidade e Miúdo precisa encarar desafios para viver em paz. Provocado a todo momento por eles, Miúdo nunca entra nas conversas. No dia que resolve responder, dá bobeira. Não sabia que marginal, em São Paulo, também é nome de avenida e, por isso, recebeu o apelido de Miúdo-Marginal-à-esquerda. Depois da gozação, passa a prezar ainda mais o silêncio. 

Em meio a tantas complicações, o menino ajuda a mãe a suportar a dor da doença com a sua música e a mãe ajuda o menino a não entrar na vida do crime, incentivando o esforço dele em tocar violino. As ilustrações parecem borradas como se coubessem na história de Miúdo a de muitos outros miúdos.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 6-8, 9+
Ano: 2009
País: Brasil
ISBN: 9788571532243
DIMENSÕES E ACABAMENTO
21.5 cm x 15.5 cm x 0.3 cm
Peso: 440 g
Páginas: 60
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Autoconhecimento e autocuidado, Empatia e cooperação, Trabalho e Projeto de Vida
PRÊMIOS
Prêmio Livro do Ano, da Academia Brasileira de Letras - ABL
TIPOS DE LEITURA
Para refletir, Para se emocionar
GÊNEROS
Álbum ilustrado, Realismo crítico, Conto
ASSUNTOS
Família, irmãos, Maternidade, Mãe, Egoísmo, Música, Arte, Superação, Cidade, Altruísmo, Vocação, Rio de Janeiro, Espaço urbano, Adolescência, Moradia e habitação, Marginalidade, Favela, Transformação Pessoal, Orquestra, Projeto de vida, São Paulo, Cidades brasileiras
SOBRE ANGELA LAGO
Foto do autor Angela Lago
Angela Lago nasceu em Belo Horizonte. Com três anos, começou a desenhar e nunca mais parou. Rabiscava as paredes da casa, o piso do pátio, pois não havia papel que bastasse. Foi um alívio para todos quando o computador foi inventado e ela passou a usar a tela virtual, onde faz seus desenhos, seus livros e as animações do seu site. Uma das mais prestigiadas autoras brasileiras, com inúmeros prêmios aqui e no exterior, Angela Lago tornou-se responsável pela feição mais divertida e generosa dos livros mais inventivos de que temos à disposição para leitores de todas as idades.
leia mais...
SOBRE ANGELA-LAGO
Foto do autor Angela-Lago
Angela-Lago nasceu em Belo Horizonte. Com três anos, começou a desenhar e nunca mais parou. Rabiscava as paredes da casa, o piso do pátio, pois não havia papel que bastasse. Foi um alívio para todos quando o computador foi inventado e ela passou a usar a tela virtual, onde faz seus desenhos, seus livros e as animações do seu site. Uma das mais prestigiadas autoras brasileiras, com inúmeros prêmios aqui e no exterior, Angela-Lago tornou-se responsável pela feição mais divertida e generosa dos livros mais inventivos de que temos à disposição para leitores de todas as idade.
leia mais...

CLUBE DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 21.796.019/0001-66
atendimento@quindim.com.br
(11) 4563-6701

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.35