Seleções > Leocádio, o leão que mandava bala

LEOCÁDIO, O LEÃO QUE MANDAVA BALA

Texto: Sheldon Allan Silverstein

Tradutores: Antonio Guimarães

Editora: Companhia das Letrinhas
Ele não sabia que fazia tanta diferença ou pudesse ser uma estrela, apenas tinha uma vontade imensa de comer quilos e quilômetros de marshmallow.
SINOPSE
Foto do resenhista Peter O' Sagae
por Peter O' Sagae

Imagine um leão de juba bem aparada e penteada, usando chapéu-coco, sobretudo com flor na lapela, calças compridas, dando seis autógrafos ao mesmo tempo para as crianças e fumando um charuto — na verdade, não é um charuto, mas outra caneta tinteiro na boca para ele habilmente assinar seu nome! Pois este é Leocádio, o famoso leão, o melhor atirador de todo o mundo... Porém não é este o começo da história que tio Shelby conta, mas é o ápice da carreira de um animal selvagem que conquistou muita coisa no berro, além, é claro, de uma dose extra de curiosidade, outro tanto de talento para aprender tudo o que os homens acreditam fazer de bom!

Neste livro escrito e ilustrado por Shel Silverstein, encontramos a primeira história que o dramaturgo e cartunista escreveu para crianças, em 1963, assumindo o papel de um narrador-coadjuvante dentro do enredo, o tio Shelby que, atravessando a rua para comprar um cachorro-quente, é interpelado por um jovem leão recém-chegado à cidade. A história pertence à tradição das fábulas e histórias de animais, revelando ainda hoje aos leitores a sua crítica moral aos costumes modernos, a busca por realizar os desejos num mundo regado pelas promessas do marketing e o consumismo, e também um alerta sobre as encruzilhadas, a perda da identidade e os sentimentos de pertencer ao não-lugar entre o que é da natureza e o que é da civilidade.

O livro começa e se encerra numa caçada na selva, no tempo em que Leocádio era muito jovem, nem tinha nome próprio, e muito depois, quando o velho leão descobre o quanto se transformou na selva de prédios, elevadores, business e fama na tumultuosa Chicago.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 9+
Ano: 2003
País: Brasil
ISBN: 9788574068381
DIMENSÕES E ACABAMENTO
23.6 cm x 16.6 cm x 1.2 cm
Peso: 440 g
Páginas: 112
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Pensamento científico, crítico e criativo, Autoconhecimento e autocuidado, Responsabilidade e cidadania, Conhecimento, Trabalho e Projeto de Vida, Argumentação
TIPOS DE LEITURA
Para refletir, Para se divertir
GÊNEROS
Álbum ilustrado, Fábula e história de animais, Realismo mágico
ASSUNTOS
Consumismo, Natureza, Trabalho, Identidade, Beleza, Dinheiro, Espaço urbano, Aparência, Sobrevivência, Hábitos de consumo, Leis da natureza, Compromissos, Capitalismo, Sátira, Leão
SOBRE SHELDON ALLAN SILVERSTEIN
Foto do autor Sheldon Allan Silverstein
Shel Silverstein nasceu em Chicago, nos Estados Unidos, começando a escrever e a desenhar desde a adolescência, publicando suas primeiras histórias em um jornal militar chamado Pacific and Stripes, enquanto serviu o exército americano na Coreia, da década de 1950. Logo depois, colaborou para a revista Playboy, durante seis anos, conquistando fama internacional. Estreou na literatura com o livro Uncle Shelby’s ABZ Book que, despertando a simpatia e a curiosidade de editor de livros para crianças, convidaria Shel Silverstein a propor histórias para este novo público, estreando em 1963 com o título Leocádio, o leão que mandava bala.
leia mais...

CLUBE DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 21.796.019/0001-66
atendimento@quindim.com.br
(11) 4563-6701

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.35