Seleções > Era uma vez outra vez

ERA UMA VEZ OUTRA VEZ

Texto: Edith Chacon

Ilustração: Priscilla Ballarin

Editora: Edições Barbatana
Cinco encartes soltos com poesias ilustradas ao alcance de uma criança, para ela ler à sua maneira. Um livro-objeto divertido, colorido e inusitado.
SINOPSE
Foto do resenhista Dauana Vale
por Dauana Vale

Um dos maiores ganhos de um livro-objeto é a possibilidade de transformar literatura em outras coisas, por meio da imaginação do leitor. No caso de Era uma vez outra vez, então, podem surgir outras rimas, questionamentos e novas utilidades para as folhas sanfonadas. O que remete a um trecho de As cidades invisíveis, de Ítalo Calvino: "(...) Nas formas que o acaso e o vento dão às nuvens, o homem se propõe a reconhecer figuras: veleiro, mão, elefante...".

As artistas Edith Chacon e Priscilla Ballarin apresentam suas personagens animais em situações inusitadas e divertidas:

Um elefante muito elegante

Que se equilibrava em um barbante

Imagine só a cena? As demais seguem essa linha bem-humorada com desenhos de traçado impreciso e colorido. Poesia é muito bem-vinda à infância. Arrisco afirmar que as crianças são as melhores leitoras de poesia, pois não se preocupam em compreender versos, os sentem. As páginas do livro são encartes soltos que podem ser combinados de diferentes maneiras. Há espaço para a criação do leitor.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 0-2, 3-5
Ano: 2017
País: Brasil
ISBN: 9788564155152
DIMENSÕES E ACABAMENTO
15.4 cm x 13.8 cm x 0.4 cm
Peso: 118 g
Páginas: 34
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Pensamento científico, crítico e criativo, Repertório Cultural
TIPOS DE LEITURA
Para se divertir
GÊNEROS
Livro-objeto, Poesia, Livro-jogo e livro-brincante, Livro sanfonado
ASSUNTOS
Brincadeiras, Humor, Animais, Trocadilho, Poesia
SOBRE EDITH CHACON
Foto do autor Edith Chacon
A escritora e professora Edith Chacon é formada em letras pela PUC/SP e pós-graduada em Língua Portuguesa e Literatura.  É assessora de Língua Portuguesa, responsável por projetos de leitura e produção de textos e ministra oficinas literárias para educadores, crianças e jovens. Seus poemas já foram ilustrados por diversos artistas e transformados em belos livros ilustrados dedicados à infância. Segundo a autora, sua paíxão pela literatura vem de muitos anos: "A minha paixão pela literatura e , em especial, a infantojuvenil, vem desde pequenina, quando ouvia incansavelmente os contos maravilhosos recontados pelo meu pai, um homem simples, de pouca escolaridade, que carregava consigo o dom de encantar filhos e netos com suas histórias. Desde cedo me apresentou a importância de olhar e sentir as belezas da natureza e da Vida - um sonhador".
leia mais...
SOBRE PRISCILLA BALLARIN
Foto do autor Priscilla Ballarin
A artista visual Priscilla Ballarin, nascida em São Paulo, se descreve como uma fazedora de livros e invetigadora das diferentes possibilidades do bordado no papel. Cursou Artes Plásticas na USP. Entre 2010 e 2014 fundou o Atelier Amar.é.linha, onde também atuou como arte-educadora. E desde 2012 é membro do coletivo Desejos Urbanos, na companhia de outros artistas, cria intervenções em espaços públicos. De sua parceria com a poeta Edith Chacon foram publicados três livros ilustrados entre 2017 e 2020: Era uma vez outra vez, (Des)Apontado e Na casa deles. Priscilla Ballarin atuou como editora e designer da revista Linguará e atualmente é designer do Gerador - uma plataforma de cultura portuguesa. Vive entre Lisboa e São Paulo, espaço em que segundo a artista pinta, borda e costura dois mundos tão diferentes e tão próximos.
leia mais...

CLUBE DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 21.796.019/0001-66
atendimento@quindim.com.br
(11) 4563-6701

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.35