Seleções > Como natureza

COMO NATUREZA

Texto: Fábio Monteiro

Ilustração: Elisabeth Teixeira

Editora: Abacatte
Com metáforas e leveza, o menino Joaquim abraça o coração do leitor, apesar do diagnóstico de uma terrível doença.
SINOPSE
Foto do resenhista Dauana Vale
por Dauana Vale

Diferente dos outros meninos de sua cidade, Joaquim tinha uma relação intrínseca com a natureza. Era de correr descalço entre as árvores, fugir de casa para sentir a água fluente do rio, rodopiar com o vento mais forte. Às vezes, sonhava que galhos brotavam de seu umbigo, como se ele fosse semente, como se fosse natureza em forma de gente.

Mas houve um anoitecer mais sombrio, Joaquim sentiu uma dor esquisita que deixou sua mãe preocupada. No dia seguinte, estavam filho, mãe e pai no médico. A notícia que mudaria tudo para aquela família. Feito erva ruim, a doença havia se espalhado por todo o corpo e não mais havia o que ser feito. A mãe desmoronou, o pai fugiu da dor e da família. Joaquim, sábio como um menino, viu tudo com outros olhos, na verdade, ele viu com o coração.

A prosa poética do autor Fábio Monteiro é acompanhada das ilustrações de Elisabeth Teixeira, que se munem de ternura e de metáforas para falar sobre o adoecer de uma criança, nos colocando diante das relações afetivas, do mistério da vida, do homem como parte integrante da natureza, e não como mero visitante no planeta Terra. Por mais que o protagonista pareça morar num lugar muito distante, a narrativa está lado a lado do cotidiano de muitas famílias brasileiras, quando se faz comum a omissão ou o sumiço do pai diante das vicissitudes.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 6-8, 9+
Ano: 2013
País: Brasil
ISBN: 9788562549571
DIMENSÕES E ACABAMENTO
1.4 cm x 17 cm x 278 cm
Peso: 200 g
Páginas: 32
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Autoconhecimento e autocuidado, Empatia e cooperação
TIPOS DE LEITURA
Para refletir, Para se emocionar, Para conversar sobre temas difíceis
GÊNEROS
Conto, Realismo mágico
ASSUNTOS
Família, Desenvolvimento emocional, Luto, Infância, Mãe, Natureza, Dor, Morte, Abandono, Silêncio, Separação dos pais, Doença Terminal, Relações Humanas, Câncer, Acolhimento, Pai, Esperança
SOBRE FÁBIO MONTEIRO
Foto do autor Fábio Monteiro
Fábio Monteiro nasceu em Recife/PE e mora em São Paulo. Formado em História pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, especializou-se na PUC/SP em História, Sociedade e Cultura. Conta histórias verdadeiras para seus alunos, mas inventa algumas outras que se tornam verdades por meio da literatura para infância e juventude. Em 2016 foi contemplado com o Prêmio Jabuti na categoria juvenil com o livro “Cartas a povos distantes”.
leia mais...
SOBRE ELISABETH TEIXEIRA
A artista nasceu em 1961 na cidade de Cabo Frio, Rio de Janeiro. Cursou desenho industrial na Escola de Belas Artes da UFRJ e também gravura em metal no Museu do Ingá, em Niterói. Recebeu três vezes o premio Jabuti de ilustração e em 2009 lançou seu primeiro livro como escritora e ilustradora, Os três cães negros (Larousse).
leia mais...
Cartão MasterCard
Cartão Visa
Cartão Amex
Cartão Diners
Cartão Elo
Cartão Hipercard
Selo de segurança da Cloudflare

Clube de Leitura Quindim

Al. dos Maracatins, 548 - Cj. 04 | Moema

04089-001 | São Paulo-SP

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.49