Seleções > Alice

ALICE

Texto: Lewis Carroll

Ilustração: John Tenniel

Tradutores: Maria Luiza X. de A. Borges

Editora: Zahar
Os clássicos de Lewis Carroll: Aventuras de Alice no país das maravilhas e Através do espelho, reunidos com as ilustrações originais de John Tenniel.
SINOPSE
Foto do resenhista Dauana Vale
por Dauana Vale

Há mais de um século, a saga de Alice é recontada por meio das mais diversas artes, do cinema à literatura. A editora Zahar preparou uma edição de bolso especial para as histórias clássicas de Lewis Carroll.

Tudo começa numa tarde de verão, quando um coelho passa apressado sob os olhos de Alice. Entre o fantástico e o real, a menina caminha na fuga do tédio, cai num mundo onde tudo o que aprendeu fica suspenso, inclusive a lógica e a ética. Está diante de animais falantes, bebidas que a fazem mudar de tamanho, personagens estranhos como o Chapeleiro, a Lagarta e o Gato. É tudo um tanto quanto caótico e frenético. Ela até tenta compreender o que se passa, mas não há uma resposta. Por fim, o coelho a conduz ao julgamento no palácio da Rainha de Copas. Se foi tudo um sonho, deixemos o leitor decidir.

Na continuação, em Através do espelho, Alice vive novas aventuras na companhia de alguns conhecidos da primeira história e de outras personagens. Por trás de um espelho de sua casa há um mundo que ela nem imagina. Por meio de um tabuleiro de xadrez nada convencional, ela sonha em se tornar uma rainha e faz de tudo para alcançar o seu desejo.

Narrativas escritas e desenhadas na Inglaterra do século XIX, reescritas até hoje. E só podem ser sentidas quando aceitamos o convite para o embarque ao mundo nonsense da protagonista. Alice busca o que está para além da sua rotina e do que os olhos veem, logo, lança mão do fantástico para descrever mundos onde a razão e o raciocínio lógico não imperam. Como a caixa do inconsciente que se abre durante o sono, é a saga de Alice.

Belíssima edição para se ter em casa ou na biblioteca da escola. Fácil de se tornar o livro favorito de muitas crianças, de diversas idades.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 9+
Ano: 2009
País: Grã-Bretanha (Reino Unido, UK)
ISBN: 9788537801727
DIMENSÕES E ACABAMENTO
17 cm x 12 cm x 2.2 cm
Peso: 180 g
Páginas: 320
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Pensamento científico, crítico e criativo, Comunicação, Autoconhecimento e autocuidado, Empatia e cooperação, Repertório Cultural
TIPOS DE LEITURA
Para refletir, Para se divertir, Para se emocionar
GÊNEROS
Novela, Narrativa de fantasia
ASSUNTOS
Medo, Nonsense, Humor, Identidade, Sonho, Animais reais e imaginários, Gato, Existência, Fantasia, Disparates, Absurdo, Relações matemáticas, Loucura, Dúvidas existenciais, Reis e Rainhas, Coelho, Imaginação
MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O LIVRO
Blog da Companhia | Ensaio de Mariana Zahar
SOBRE LEWIS CARROLL
Foto do autor Lewis Carroll
Charles Ludwidge Dogson, mais conhecido como Lewis Carroll, nasceu na Inglaterra, em 1832. É o autor de Alice no país das maravilhas, publicado pela primeira vez em 1865, um dos mais fascinantes e misteriosos livros que já foram escritos. Foi professor, publicou vários livros de matemática e alguns poemas. Nessa época, conheceu Henry Liddell, que veio a ser seu grande amigo. Liddell era pai de Alice, fonte de inspiração para Alice no país das maravilhas. Carroll também foi fotógrafo amador, e colecionava fotografias de meninas entre 8 e 12 anos de idade. Por sugestão do escritor Henry Kingsley, Alice foi publicado sem especificar se era destinado para adultos ou crianças. Foi um grande sucesso, e, desde então, esta história consta entre os mais importantes textos da literatura universal, tem sido objeto de filmes, histórias em quadrinhos e álbuns de colecionar que arrebatam as crianças de várias gerações, mas também tem sido lida e estudada por muitos adultos. Já foi traduzida para mais de 30 línguas, incluindo o árabe e o chinês, e tem uma edição em braile. Foi um dos primeiros textos a circular na internet em edição virtual. Além de tratados matemáticos, livros de lógica, adivinhações e jogos, Lewis Carroll ainda escreveu Alice através do espelho, outra história famosa que envolve a mesma personagem em situações que exploram a linguagem simbólica e mostram os limites dessas formulações, assim como acontece com Alice, ao reclamar da forma repentina de apa­recer e desaparecer do Gato: dessa vez, ele desaparece bem devagar­zinho, começando pela cauda e acabando pelo sorriso. 
leia mais...
SOBRE JOHN TENNIEL
Foto do autor John Tenniel
Nascido em Londres no dia 28 de fevereiro de 1820, John Baptist Tenniel perdeu a visão de um olho acidentalmente enquanto praticava esgrima com o pai (que era mestre neste esporte), o que não foi um impedimento para o aprimoramento de sua memória fotográfica invejável – que o possibilitava desenhar sem a utilização de modelos – mas lhe garantiu o apelido de “John caolho”. Antes de realizar um dos trabalhos mais importantes de sua carreira para Carroll, John Tenniel é lembrado por ter sido o principal cartunista político da revista Punch há mais de 50 anos. O ilustrador também colaborou produzindo mais de duas mil ilustrações e caricaturas para revistas, além de ilustrar vários livros na época, incluindo uma edição das fábulas de Esopo, de 1848. Dotado de uma personalidade quieta e introvertida desde a infância até durante a fase adulta, Tenniel entrou para a Royal Academy of Arts em 1842, na qual foi admitido por ter sido capaz de realizar diversas cópias de esculturas clássicas, algo exigido na admissão. Mas, embora Tenniel tenha desenvolvido parte do seu talento na academia, o ilustrador discordava dos métodos de ensino do local e preferiu estudar à sua maneira, sem chegar a concluir sua graduação.
leia mais...

CLUBE DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 21.796.019/0001-66
atendimento@quindim.com.br
(11) 4563-6701

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.35