Seleções > A pequena marionete

A PEQUENA MARIONETE

Texto: Gabrielle Vincent

Ilustração: Gabrielle Vincent

Editora: Editora 34
Lápis, papel e imaginação. Literatura, teatro e cinema. Um livro sem palavras que conta a comovente história da amizade entre um menino, um boneco e um artista de rua.
SINOPSE
Foto do resenhista Camila Werner
por Camila Werner

Um menino passeia pelas ruas e se depara com um teatro de bonecos. Curioso, mas relutante, ele finalmente aceita o convite do artista e diverte-se com a apresentação de um boneco parecido com ele mesmo. Entretanto, a certa altura, surge o lobo — o lobo! — e na ânsia de protegê-lo, o menino agarra seu novo amigo fictício e sai em desabalada carreira. O titereiro, surpreso, corre atrás da criança.

Esta história aparentemente simples, mas repleta de sentimentos e ação, é contada sem palavras, apenas com imagens. O menino mergulha na fantasia do teatro, mas ficção e realidade se misturam quando o lobo aparece e o garoto rouba a marionete. E se o teatro é o palco da apresentação das marionetes, o livro é o palco desta história. É a narrativa dentro da narrativa. E Gabrielle Vicent se vale com maestria dos recursos de mais uma arte — o cinema — ao usar e abusar de enquadramentos e close-ups para narrar os acontecimentos com traços rápidos e pouco precisos, mas que nem por isso deixam de transmitir emoção. O leitor pode se surpreender ao encontrar recursos estéticos que provavelmente conhece do cinema ou dos desenhos animados, o que só prova que a educação do olhar e da sensibilidade transita livremente entre todas a artes.

A princípio, o teatro e o boneco funcionam como intermediários entre a criança e o adulto, e permitem que o adulto literalmente dite o desenrolar dos acontecimentos. Mas ao fugir com a marionete, o garoto subverte essa hierarquia e traz a relação para a realidade, obrigando o homem a olhar para a criança. Este encontro “real” abre espaço para a empatia, a compreensão e a alegria de uma nova amizade que surge entre duas pessoas tão distantes na idade, mas muito próximas em sua humanidade.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 0-2, 3-5, 6-8, 9+
Ano: 2009
País: Bélgica
ISBN: 9788573263794
DIMENSÕES E ACABAMENTO
18 cm x 20 cm x 0.5 cm
Peso: 270 g
Páginas: 84
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Pensamento científico, crítico e criativo, Comunicação, Empatia e cooperação, Repertório Cultural
PRÊMIOS
Prêmio FNLIJ - Melhor livro de imagem
TIPOS DE LEITURA
Para se emocionar
GÊNEROS
Livro-imagem, Livro sem idade, Conto, Realismo cotidiano
ASSUNTOS
Empatia, Amizade, Arte, Suspense, Coragem, Medo, Tristeza, Altruísmo, Relações Humanas, Teatro, Teatro de marionetes, Vínculos Afetivos, Alegria, Emoções, Sentimentos, Confiança, Sensibilidade
SOBRE GABRIELLE VINCENT
Escritora e ilustradora de livros para crianças, Gabrielle Vincent é o nome artístico de Monique Martin, que nasceu em Bruxelas em 9 de setembro de 1928 e lá faleceu no ano 2000. É mais conhecida por ser a criadora da série de livros Ernest & Celestine, que em 2012 foi adaptada para uma animação. Suas obras ganharam muitos prêmios, inclusive na Feira do Livro Infantil de Bologna, na Itália, e foram selecionados entre os melhores livros do ano pelo jornal The New York TImes.
leia mais...

CLUBE DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 21.796.019/0001-66
atendimento@quindim.com.br
(11) 4563-6701

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.35