Seleções > A inacreditável história de 2 crianças perdidas

A INACREDITÁVEL HISTÓRIA DE 2 CRIANÇAS PERDIDAS

Texto: Jean-Claude R. Alphen

Ilustração: Jean-Claude R. Alphen

Editora: Companhia das Letrinhas
Duas crianças perdidas em meio a sentimentos confusos. Juntas, experimentam dividir um lar. Mas como lidar com as diferenças?
SINOPSE
Foto do resenhista Dauana Vale
por Dauana Vale

A apresentação desta história não é nada convencional. Trata-se de um álbum ilustrado predominantemente preto e branco que remete à arte das histórias em quadrinho, utilizando-se da tipologia para vestir palavras. Não à toa é uma narrativa que S a L t A aos olhos.

Gilda foge de um monstro malvado. Godofredo escapa de uma bruxa horrenda. Os dois se encontram no campo de fuga e passam a dividir uma nova vida: livres e felizes. Bem, isso é o que nos diz a voz narrativa, já as imagens... são outros quinhentos. Jean-Claude utiliza-se de sua arte para apresentar realidades de pontos de vista diferentes, aproximando o leitor de características bem humanas: a contradição e a insatisfação.

Bem, as frustrações e as divergências fazem parte do repertório humano, quando crianças, esses sentimentos parecem ainda mais conflituosos, afinal, os pequenos estão ensaiando sobre ser gente. A inacreditável história de duas crianças perdidas diverte e emociona.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 6-8, 9+
Ano: 2016
País: Brasil
ISBN: 9788574067063
DIMENSÕES E ACABAMENTO
20 cm x 17.2 cm x 0.4 cm
Peso: 200 g
Páginas: 56
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Comunicação, Autoconhecimento e autocuidado, Empatia e cooperação
TIPOS DE LEITURA
Para refletir, Para se emocionar
GÊNEROS
Álbum ilustrado, Conto
ASSUNTOS
Frustração, Infância, Amizade, Amor, Diferenças, Resolução de conflito, Ponto de vista, Conquista da autonomia, Contradição, Tipografia, Insatisfação
SOBRE JEAN-CLAUDE R. ALPHEN
Foto do autor Jean-Claude R. Alphen
Escritor e ilustrador, carioca, passou a infância na França, terra natal de seu pai, retornou ao Brasil, terra natal de sua mãe, onde vive desde 1976. Estudou marketing e Publicidade (ESPM) e trabalhou como caricaturista no jornal O Estado de São Paulo. Desde 1990 se dedica à narrativa literária para a infância. Foi condecorado com alguns prêmios, entre eles, 2010, com Um sujeito sem qualidades - Prêmio Glória Pondé/Livro Infantil e Juvenil, em 2017, Adélia vence a categoria Ilustração Infantil - Prêmio Jabuti, e, 2018, Super é selecionado pela biblioteca de Munich para o catálogo The White Ravens.
leia mais...

CLUBE DE LEITURA QUINDIM

CNPJ 21.796.019/0001-66
atendimento@quindim.com.br
(11) 4563-6701

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.35