Seleções > Aladim

ALADIM

Texto: Paulo Lemos Horta

Tradutores: Yasmine Seale, José Roberto O'Shea

Editora: Zahar
Muitas traduções remodelaram a antiga história de Aladim. Esta versão resgata detalhes e a complexidade da narrativa original, contada em cafés de Alepo, na Síria.
SINOPSE
Foto do resenhista Giulia Batelli
por Giulia Batelli

Criado sem muito zelo, Aladim cresceu rebelde e não tinha preocupação com o futuro. Sem conseguir fazer com que o menino trabalhasse, o pai morre de desgosto. Quem passa a sustentar a família é a mãe, com muita dificuldade. Foi nesse cenário que o mago do Magrebe o conheceu. Colheu detalhes sobre o caráter, as condições financeiras e a história familiar de Aladim. De posse de todas as informações que precisava, o mago se aproximou de Aladim e usou de artimanhas para se inserir na vida do menino se passando por tio dele, pois tinha um objetivo: atraí-lo até a caverna para pegar a lâmpada mágica.

Quase tudo acontece como o mago planeja. Não conseguindo pegar a lâmpada com o auxílio do menino, Magrebe o abandona à própria sorte soterrado na caverna. Tudo muda quando Aladim descobre o poder do anel que o mago lhe dera e consegue escapar das entranhas da terra. Quando retorna à casa, Aladim está de posse de bens que mudam a sua jornada. De imediato, ele e a mãe vivem de forma humilde, evocando os gênios da lâmpada e do anel apenas para o necessário. Entretanto, Aladim se apaixona pela filha do sultão e, para estar à altura dela, faz uso da magia. Com as extravagâncias que o jovem faz para manter as aparências, logo ele é descoberto pelo mago, que busca vingança.

Esta versão resgata detalhes deixados de lado em versões posteriores, dando a sensação de ler uma história completamente inédita, apesar de familiar. Em uma narrativa com reviravoltas até o último momento, a mãe de Aladim e a princesa possuem um papel mais ativo no desenrolar dos eventos. E quando o antagonista parece findar, surge um novo, deixando a leitura fluida e dinâmica. Viajando da cultura de narração de histórias dos cafés de Alepo, na Síria até os salões de Paris no início do século XVIII, a história de Aladim se tornou um conto do livro As mil e uma noites, narrado pela personagem Sherazade, que busca sobreviver contando histórias ao rei Shariar.


INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Faixa etária: 9+
Ano: 2019
País: Estados Unidos
ISBN: 9788537818299
DIMENSÕES E ACABAMENTO
17 cm x 12 cm x 1 cm
Peso: 240 g
Páginas: 144
COMPETÊNCIAS GERAIS BNCC
Pensamento científico, crítico e criativo, Repertório Cultural
TIPOS DE LEITURA
Para se divertir, Para se emocionar
GÊNEROS
Novela, Narrativa de aventura, Narrativa de fantasia
ASSUNTOS
Resolução de conflito, Aventura, Princesa, Magia, Desejo, Astúcia, Riqueza, Transformação Pessoal, Artimanhas, Esperteza
MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O LIVRO
Quatro Cinco Um | Mil e um Aladins
SOBRE PAULO LEMOS HORTA
Foto do autor Paulo Lemos Horta
Escritor, tradutor e historiador literário. Filho de brasileiros, nasceu em Budapeste, atualmente reside em Abu Dhabi e Barcelona. Seus escritos foram publicados no Times Literatury Suplement e na los Angeles Review of Books e foram traduzidos para o francês, o português, o turco e para o chinês.
leia mais...
Cartão MasterCard
Cartão Visa
Cartão Amex
Cartão Diners
Cartão Elo
Cartão Hipercard
Selo de segurança da Cloudflare

Clube de Leitura Quindim

Al. dos Maracatins, 548 - Cj. 04 | Moema

04089-001 | São Paulo-SP

Site protegido por reCAPTCHA Enterprise e Google, de acordo com as Políticas de Privacidade e Termos de Serviço.
2022© Clube de Leitura Quindim - Marca registrada e todos os direitos reservados - versão 3.5.49